E somos mesmo? Olhando para essas ilustrações do designer Lucas Pamplona, a primeira coisa que nos passa pela cabeça é que sim. Pelo menos no que diz respeito aos bordões. Os clássicos de mãe!!

Falamos as mesmas coisas em todo o Brasil, as mesmas que já tínhamos ouvido das nossas mães anos atrás. A gente achava que era exclusividade nossa, né? Que a nossa mãe que era exagerada e sempre repetia as mesmas frases. Mas não! Dá só uma olhada nos cartazes e ri com a gente lembrando da sua mãe gritando isso pela casa!

mae-tudo-igual-todo-mundo

{Acho que essa foi a que eu mais ouvi, rsrsrs!}

mae-tudo-igual-ate-dez mae-tudo-igual-light

{Light é a companhia de luz do Rio. Aqui em POA as mães eram sócias da CEEE!}

mae-tudo-igual-chuva

{E não é que SEMPRE chove quando elas dizem isso?}mae-tudo-igual-porque-naomae-tudo-igual-choro

{Ai coitadinhos dos pitocos! Mas e não é que a gente fala igualzinho?}

mae-tudo-igual-obrigacaomae-tudo-igual-ta-pensando

mae-tudo-igual-bebidamae-tudo-igual-juizo

E você, mamãe leitora do Casamenteiras, quais dos bordões já têm usado com o seu pequeno?

A gente aposta no “engole o choro”, o maior dos clássicos!

Fonte: Catraca Livre

 

63 amaram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...