Já que os gatinhos não tem como avisar quando estão doentes, preste atenção em  algumas de suas mudanças de comportamento. Uma delas é a fuga. A gatinha do meu marido (que ficou de herança para a minha sogra) tem esse costume de se esconder quando tem alguma coisa em sua saúde que não vai bem.

O gato, quando está com alguma dor ou osso quebrado, tende a evitar de ficar perto de seus donos e acaba muitas vezes fugindo de casa por algumas horas. Isto não significa que ele não goste das pessoas ou do seu lar, mas é uma forma de se proteger, pois se nós detectarmos qualquer alteração do seu comportamento ou acharmos que ele está com algum problema, o gato já sabe que o primeiro instinto da pessoa vai ser em pegá-lo no colo. Consequentemente pode apertar a parte com dor e, para evitá-la, ele toma esta atitude até que melhore sozinho, ficando quieto em seu canto.

Então, fique atenta se seu gato parar miar como de costume, ficar muito tempo parado, perder o apetite ou ficar muitas horas desaparecido. Isto pode indicar que algo de errado está acontecendo com ele. Nestes casos, procure o veterinário, pois somente ele poderá saber o que está de fato acontecendo com o seu bichano.

O gatinho de vocês também age assim quando está doente? Conta pra gente!

Por Karla Keunecke

♥♥♥

Foto: Home 209