comida


Buffet: escolhendo o melhor serviço para o seu casamento

A escolha do buffet vai além do gosto do casal: envolve desde o perfil dos convidados até o orçamento

Uma decisão importante ao escolher o buffet é definir qual será o tipo de serviço oferecido:  à americana (buffet), à inglesa, à francesa, coquetel volante? As opções são várias e a escolha depende de alguns fatores, como o estilo do casamento, o orçamento dos noivos e o perfil dos convidados. No post de hoje, além de entender um pouco mais sobre cada tipo de serviço, você vai entender as vantagens (e desvantagens) de cada um deles.

Renata D'Almeida

 

Tipos de serviço:

  • À americana (buffet): Nesse serviço, os convidados vão até o buffet para se servir. Normalmente, a montagem é espelhada, ou seja, os mesmos pratos são oferecidos dos dois lados – dessa forma, formam-se duas filas para agilizar o serviço. Indica-se 1 garçom para cada vinte convidados. No geral, reserva-se uma hora para esse tipo de serviço.

  • À inglesa e à francesa: Os convidados são servidos à mesa pelos garçons. Normalmente, é servido uma entrada ou salada, dois pratos principais e a sobremesa. A diferença está relacionada à forma como as mesas são montadas. Calcula-se 1 garçom para cada duas mesas no serviço à inglesa e 1 garçom para cada cinco convidados no serviço à francesa. O tempo de jantar é maior – cerca de uma hora e meia, pois deve-se esperar que todos à mesa acabem o prato para que ele seja retirado e o próximo seja servido.

  • Coquetel volante: Normalmente usado em eventos em que as pessoas ficam mais de pé, esse tipo de serviço é aquele em que os garçons circulam com bandejas pela festa servindo os convidados. As comidas servidas são aquelas que podem se comer com a mão (finger foods) ou então pequenas porções. Calcula-se 1 garçom para cada 15 convidados.

shutterstock_99478187 (1)

Qual a melhor opção para o meu casamento?

Antes de decidir o tipo de serviço que será oferecido no seu casamento, é essencial analisar alguns pontos. Para começar, pense no estilo da sua festa: vai ser algo mais formal e tradicional ou mais descontraído e moderno? No primeiro caso, os serviços à inglesa ou francesa são os mais indicados, enquanto o buffet é ideal para casamentos mais informais. Mas se o casal for daqueles que quer curtir cada minutinho da festa, o coquetel volante permite que os convidados sejam servidos na pista e não deixem a festa desanimar.

shutterstock_374304697 (1)

O perfil dos convidados é um fator que deve ser levado em consideração. Por exemplo: se o seu casamento tiver muitas pessoas de idade, os serviços inglês e francês são os mais convenientes, uma vez que os convidados não precisam levantar para se servir. Além disso, esse perfil de convidados adora o tempo sentado à mesa, já que é o momento em podem conversar.

Já o orçamento é um fator importante para definir o tipo de serviço de buffet do casamento: serviços à inglesa e francesa exigem um número maior de garçons, portanto o custo será maior. Já o coquetel volante ou mesa de buffet diminui o gasto com pessoal, uma vez que os próprios convidados se servem.

 

Cuidado! Algumas dicas para não errar no serviço:

  • Tempo: Um dos maiores cuidados que se deve ter com os serviços inglês e francês é a demora para se servir todos os convidados. A partir do momento em que a primeira mesa é servida, em, no máximo, 10 minutos, todas as outras mesas devem estar servidas.

  • Comida fria: Mais uma precaução que se deve ter nos serviços à inglesa e à francesa. Como os pratos são montados previamente na cozinha, deve-se cuidar para que eles não cheguem frios à mesa.

  • Sempre à mão: No coquetel volante, o ideal é que os garçons passem diversas vezes em cada área do casamento. Não faça seu convidado ter que ir atrás de um garçom para poder se servir.

  • Filas longas: Se você optar por serviço à americana, certifique-se de que serão montados buffets suficientes para atender de forma confortável todos os seus convidados, sem que eles percam muito tempo na fila.

Ficou com alguma dúvida ou quer compartilhar a sua experiência aqui no blog? Então deixe seu comentário aqui embaixo ou entre em contato com o Casamenteiras. :)

Beijos!

0

Leia mais...
Casare - Seu Site de Casamento mais Elegante!

Trate bem os fornecedores do casamento

Para um casamento ser perfeito é necessário contar com a ajuda profissional de fornecedores competentes, que trabalham arduamente para que tudo dê certo, exatamente do jeito que você planejou. Muitas pessoas esquecem que esses profissionais passam várias horas trabalhando e que também sofrem com a fome, o cansaço e a sede.

Há algum tempo alguns fornecedores têm reclamado do tratamento que têm recebido em alguns casamentos. Isso porque muitas vezes as equipes são impedidas de comer, ter alguns minutos de pausa e até mesmo de usar o banheiro. Esses são pontos que podem ser discutidos e até mesmo motivo de processo.

fotografo

Evitar a confusão no meio do casamento é simples: tenha sempre um bom relacionamento com os fornecedores e esclareça todas as dúvidas do profissional. Garanta que ele será bem servido e que tenha uma pequena pausa. No caso dos DJs, converse com os garçons para que bebida e comida também chegue à cabine onde o profissional está trabalhando.

Como normalmente esse trabalho faz parte das funções atribuídas à assessora, uma boa ideia é fazer uma reunião entre ela e os demais fornecedores do casamento par que não exista nenhum momento constrangedor. Converse também com o local escolhido para a celebração e verifique se eles não têm algum espaço exclusivo para fornecedores ou se uma mesa poderia ser montada somente para recebe-los.

Não esqueça também de ter certeza de que a comida servida aos fornecedores será a mesma da servida para os demais convidados. Muitos buffets aproveitam da ausência dos olhos cautelosos dos noivos para informar aos fornecedores que eles não têm direito ao jantar e lhes oferece um lanche, embolsando o dinheiro já pago pelo casal.

dj-playing-music

55 amaram

Leia mais...

Como escolher o buffet de casamento?

Hum…que delícia! Buffet de casamento é tudo de bom! Dá vontade de experimentar todos aqueles sabores perfeitos escolhidos minuciosamente pelos noivos, que prestam atenção a cada detalhe. Definir quais são os pratos que serão servidos aos convidados pode não ser uma tarefa fácil, que requer tempo para degustação, além de ser quase uma tortura escolher qual é o melhor.

O Casamenteiras te ajuda! Montamos 5 passos IMPRESCINDÍVEIS para definir o buffet certo para o seu casamento!

  1. Tenha certeza do número de convidados e estilo do evento

O casamento está programado para ser um coquetel para 100 pessoas, mas na hora de fechar o buffet você se apaixonou pelas comidinhas servidas no jantar para mais de 200 pessoas. Saiba analisar bem qual o estilo do seu casamento, o horário em que será realizado, o número de pessoas convidadas e até mesmo a estação do ano, que pede pratos mais quentes no inverno e refrescantes no verão.

Foto2
Foto: Julio Perinetto
  1. Observe bem todos os pontos do buffet servido

Alguns buffets contratados são bem específicos na hora de realizar o serviço e não dão a possibilidade de extras. Por exemplo, alguns fornecedores não estão munidos de gelo se a noiva não contratou bar com whisky e nem adianta pedir na hora do evento! Pergunte e tire todas as dúvidas antes de fechar o contrato.

EA Carpaccio Mignon Selado Japones
Foto: Buffet Tantra

Veja também: A moda dos food trucks invade os casamentos e Casamento Fitness

  1. Personalização é a palavra-chave

Atualmente a personalização do cardápio é o que está na moda. Os noivos fazem questão de ter comidas que refletem a sua personalidade e paladar, e podem ser uma boa ideia para não terem estresses com o que um ou o outro preferem.

Atum com Tartar de MangaFoto: Divani Gastronomia
  1. Pesquise referências

Entre em todos os sites possíveis, leia revistas, pesquise entre amigos e familiares, faça TUDO que é possível para saber quais são os melhores buffets, condições de pagamento, reputação, comprometimento e todos os itens que fazem diferença no dia do evento. Além disso, não feche contrato com o primeiro buffet que visitar, sempre faça a degustação com pelo menos três fornecedores antes de escolher o seu.

Panna Cota com Coulis de Framboesa
Foto: Divani Gastronomia
  1. Aproveite cada segundo da degustação

Degustar o buffet de casamento é um privilégio. Poder experimentar todos os pratos e fazer críticas e elogios é essencial para estar alinhado com o chef e não ter decepções durante a festa de casamento.

IMG_2948 1Foto: Buffet Zest

13 amaram

Leia mais...

Pajens e daminhas: conforto, sofisticação e muita fofura!

Tem algo mais fofo do que, durante aquela apreensão minutos antes do casal se encontrar no altar, ver os pajens e daminhas, andando timidamente pelo corredor levando o par de alianças ou distribuindo pétalas no caminho? É um momento em que os convidados deixam escapar suspiros e, às vezes, dão muita risada com a trapalhada dos pequenos.

Porém, ter crianças em um casamento nem sempre é uma tarefa simples. Não basta somente colocar a roupa nas crianças e rezar para que dê tudo certo, é preciso incentivá-las e apoiá-las para que não se estressem e não fiquem assustados durante a celebração, afinal manter a criançada quietinha durante uma hora ou mais é difícil.

Confira o nosso passo a passo de como lidar quando as crianças são convidadas para participar da celebração.

1 – Veja se os noivos fizeram exigências no vestuário

Nem sempre a roupa do pajem deve ser igual a roupa do noivo por isso fique atento o casal denominou algum tipo de vestimenta para os meninos. O ideal é colocar um terno elegante ou, em dias de calor, optar por uma camisa branca fina, gravata borboleta e até suspensórios.

No caso das meninas, o vestido branco ou de cores pastéis fica lindo! Opte por sapatilhas decoradas com laços, pérolas ou strass.

shorts-and-apple-for-ring-bearer

2- Cuidado na escolha do tecido

Não esqueça que a pele das crianças tende a ter muito mais irritação ou alergia do que a pele do adulto, por isso preocupe-se em conferir se o tecido escolhido está raspando ou coçando. Opte por peças de algodão para os meninos e prefira vestido de seda para as meninas.

Para garantir que os pequenos ficarão confortáveis durante e depois da cerimônia, coloque um forro em tudo que forem usar.

pajem1
3- Mudanças de humor

Se a gente fica estressado e mal-humorado quando existe alguma coisa incomodando, imagine eles? Não adianta colocar aquele vestido lindo, cheio de tule, que pinica as pernas das meninas ou colocar uma gravata borboleta apertada nos meninos e esperar que eles se comportem por “só meia horinha”. As crianças não se sentem obrigadas a aturar esse tipo de incômodo e provavelmente irão atirar esses itens longe quando você não estiver olhando ou pior: durante o casamento.

Daminha03

4- Pessoas de confiança

No casamento em que as crianças fazem parte da família fica mais fácil administrar a situação, afinal se as crianças se perderem sempre terá um tio ou um primo por perto para poder socorre-la e colocá-la no caminho novamente, mas a situação fica bem diferente quando a celebração é de amigos ou parentes distantes.

Nesse caso, peça para os noivos para ficarem próximos ao altar para garantir que os pequenos percorram o caminho inteiro ou peça para que um primo ou irmão mais velho (mas ainda sim criança) acompanhe o pajem até o altar.

331923470_big

5- Fique atento aos horários

Crianças normalmente têm horários para comer e dormir, por isso fique atento. Para um casamento a noite, certifique-se de que seu filho tirou uma soneca e não esteja sonolento e coçando os olhinhos para entrar. Também pergunte para os noivos se haverá alguma mesa de frutas ou pequenos petiscos disposta para poder oferecer às crianças à vontade.

vestido-de-daminha-6

 

14 amaram

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Leia mais...
Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS