Casare - Seu Site de Casamento mais Elegante!

10 flores exóticas e lindas na decoração do casamento

Apresentamos 10 flores exóticas e lindas na decoração do casamento, são perfeitas para as noivinhas que desejam adicionar elementos inesperados e lindíssimos para abrilhantar ainda mais esse evento tão importante!

Exóticos e originais


Pássaro do paraíso

Com suas flores alaranjadas e azul vívidas lembram muito o pássaro tropical que tem o mesmo nome. Sua disposição dentada é perfeita para arranjos modernos e exóticos.

 

Flor de gengibre

Sim, elas nascem do gengibre, são lindíssimas e dão um toque super exótico à bouquets e arranjos, possui camadas densamente embaladas de pétalas cor-de-rosa vibrantes, estas flores impressionantes se assemelham a pinhas coloridas.

 

Crista de Galo

Possui flores aveludadas bem exóticas e lindas, que proporcionam uma belíssima textura em arranjos florais. São mais encontrados em vermelho vívido, mas também estão disponíveis em rosa, amarelos e laranja.

 

Flor de alho

Com seus “pom-pons” roxos perfeitamente redondos são muito versáteis e deixam qualquer arranjo ou bouquet muito mais especiais, originárias da Ásia central são mais comuns no fim de setembro.

 

Cardo

De origem escocesa, com botões azuis eriçados e halos em forma de raios de sol, são perfeitas para adicionar um toque exótico para qualquer arranjo.

 

Dália Pompom

Com seus pequenos globos de pétalas são lindas e delicadas. Elas acrescentam dimensão e textura instantânea a qualquer arranjo floral. Ficam lindas também individualmente, seja em vasos ou em boutonnieres.

 

Leucospermum

Também conhecidas como Alfineteira, estas flores são originárias da África do Sul também são da ordem Proteales e tem seu nome inspirado em seus raios coloridos, que se assemelham a alfinetes que são espetados fora de uma alfineteira.

 

Protea

Esta flor sul-africana tornou-se uma escolha popular para noivas que procuram algo inovador e inesperado em seus bouquets.

 

Antúrio

Estas grandes, cerosas flores, também conhecidas como “flores de flamingo” são originárias do Havaí, o que as torna muito apropriadas para um casamento tropical. Elas podem ser encontradas mais comumente nas cores rosa, verde, vermelho e branco.

 

Sinos da Irlanda

Esta flor é nativa do Mediterrâneo e não da Irlanda como o seu nome sugere. Os brotos florescidos no alto são para simbolizar a boa sorte.

 

Adoramos essas flores lindas e exóticas, que certamente vão embelezar esse momento tão importante e único! São ideais para noivinhas modernas e que gostam de ousar na decoração, se você é uma noivinha assim, qual dessas flores vão estar em seu casamento?

 

fotos: Instagram

0

Leia mais...

Casou? Saiba como o casamento afeta o seu imposto de renda

Declarar o seu imposto de renda normalmente é algo que causa muita dúvida na cabeça dos contribuintes. Porém, este assunto fica ainda mais confuso quando a pessoa passa por mudanças em sua vida pessoal.

imposto de renda no casamento

Conversamos com o Rafael Cavalheiro do Imposto Rápido que nos explicou direitinho sobre uma das principais mudanças que podem ocorrer, que é a do estado civil da pessoa, o Casamento!

Presentes de Casamento

Vamos começar pelos presentes recebidos no casamento. O que está bombando atualmente é a opção de receber presentes que podem ser convertidos em dinheiro, a Lista de Presentes de Casamento Virtuais, que também é conhecida como Lista de Cotas de Lua de Mel, que são disponibilizadas no Casare Sites de Casamento, uma opção moderna para interação dos noivos com os convidados.

Em relação aos presentes dos amigos e familiares, perceba que não é fundamental declarar aquela batedeira que seu cunhado te deu, ou os R$2.000,00 ou mais que sua tia deu na lista virtual. Mas em caso de doações acima de R$62.675,00 presenteadas por um só doador, seja em espécie (dinheiro), bens móveis e ou imóveis, tanto o donatário (quem recebe) quanto o doador (quem doou) devem discriminar em suas declarações os dados referentes à doação. Neste caso fique atento com a precisão das informações, pois o caso é passível de malha fina e multa. É válido ressaltar que as doações de imóveis são passíveis de recolhimento de imposto estadual o ITCMD.

União Estável e Casamento

Outra pergunta que geralmente fazem é: “Rafael, agora que casei, como declaro meus bens e o da minha esposa?”, “Devo colocar meu companheiro como dependente ou fazemos declarações separadas?” Tudo isto depende, e tem alguns fatores que explico abaixo:

Bons companheiros

São companheiros, vivem juntos, mas não pensam em casar formalmente? Sem problemas, o conceito de companheiro, determinado segundo a Lei nº 8.971, de 29 de dezembro de 1994, estipula que casais com convivência de cinco anos ou mais já configuram união estável. Também é válido ressaltar que casais com pelo menos um ano de relacionamento e com filho(s) também se enquadram, ambos os casos poderão apresentar suas declarações em separado ou em conjunto com as seguintes condições:

  • Declarações em separado: Neste caso os membros do casal deverão apresentar seus rendimentos próprios em separado enquanto o rendimento produzido pelos bens que possuírem em conjunto deve ser declarado em proporções iguais, ou seja, 50% para cada um. Os rendimentos supracitados também poderão ser declarados/ tributados em apenas uma das declarações com o fim de obter benefícios tributários, vale a pena considerar e simular.
  • Bens em conjunto: Os Bens que o casal possui em conjunto devem ser declarados em apenas em uma das declarações, e casal decide em qual declaração informar. Por exemplo: se decidirem que os bens comuns  ficarão na declaração do marido, a esposa somente deverá informar na ficha de bens (sob o código 99 outros) “que os bens comuns do casal estão relacionados na declaração do parceiro informando o CPF do mesmo”.
  • Declarações em conjunto: Neste caso a declaração deve ser feita em nome de um dos companheiros e todos os rendimentos e bens devem constar na mesma declaração.Filhos, enteados e o próprio cônjuge serão considerados dependentes. No caso de um dos dois possuir alimentandos, os mesmos deverão ser apresentados na declaração.

Vale ressaltar que as regras aqui apresentadas valem também para relacionamentos homoafetivos caracterizados em união estável.

Vão casar e já estão comprando tudo?

O casal deve apontar todos os bens adquiridos em conjunto. Estes deverão ser apresentados separadamente na proporção de 50% para cada um dos indivíduos, com ressalva de contratos pré-estabelecidos por escrito onde as proporções estipuladas devem ser declaradas de maneira ímpar.

Finalmente casados!  

Neste caso sem grandes novidades, os membros do casal poderão declarar em separado ou em conjunto, respeitando as regras citadas acima.

 


Rafael Cavalheiro, Especialista em imposto de renda do Imposto Rápido e Educador Financeiro com 5 anos de experiência através da prestação de serviços em consultoria financeira e tributária de pessoas físicas. Atuou em empresas como H&R Block e instituições financeiras cooperativistas.

Sobre o Imposto Rápido:

O Imposto Rápido é uma plataforma online e gratuita para declaração do imposto de renda de pessoas físicas. Oferece aos seus usuários um conjunto de serviços para que os mesmos tenham certeza de que estão declarando corretamente.

 

0

Leia mais...
Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS