Para que seu filho cresça com interesse em leitura é bom que o hábito comece desde cedo. É comum saber de mães que lêem para o bebê desde a gravidez, essa experiência pode e deve continuar durante toda a infância. Assim que seu filhote já conseguir manipular objetos e brinquedos você já pode introduzir alguns livrinhos no seu dia a dia.

Para os muito bebês vale apostar nos exemplares de plástico que são usados na hora do banho, ou os de pano com mordedores por exemplo. O ideal é que eles sejam resistentes para sobreviver às mordidas, dobras e puxões sem rasgar.

A partir de um ano, os livros que exploram texturas e que fazem barulho, são sucesso garantido com as crianças. Esses modelos ajudam muito no desenvolvimento, porque a partir de um tempo a criança já consegue fazer algumas relações, dos sons com os bichinhos, por exemplo.

Para crianças mais velhas, é legal investir em livros com pouco texto e bastante ilustrações, as crianças conseguem criar histórias baseadas nos desenhos, por exemplo. Os livros também já podem ser usados pra tratar de temas que fazem parte do cotidiano da criança.

Por Raquel Godoy

♥♥♥

Fonte: Guia do Bebê e Aprendiz de mãe

Fotos via: Ciranda Cultural, Submarino, Fnac e Revista Crescer