Sapato de noiva


Casando Grávida | Casamentando com Pri Vicente

Apesar de casar e ser mãe terem sempre sido meus maiores sonhos, confesso que eles dois acontecendo juntos estava mais perto de se tornar um pesadelo.

É um turbilhão de sentimentos e dúvidas que passavam na minha cabeça naquela hora… além das mil dúvidas tradicionais que a maioria das noivas já tem, ainda tinha mais um monte de coisas para pensar, como: que mês da gestação é melhor casar? Será que as pessoas vão achar que só estamos casando por causa do bebê? Será que casamos antes ou depois do bebê nascer? Posso casar na igreja se estiver grávida?

Enfim, as dúvidas se multiplicavam na minha cabeça… então resolvi dividir com vocês a minha experiência, acredito que não existem regras nesse caso, mas trocas de informações são sempre válidas, onde eu acho que acertei ou errei, podem ajudar outras noivas mamães por aí.

 

Diário de uma noiva mamãe

Primeira dúvida depois que decidimos nos casar foi: casamos antes ou depois do bebê nascer???

Casar depois me parecia o melhor a ser feito, afinal, a chegada de um bebê já dá tanto trabalho, inserir nesse momento a tarefa de organizar um casamento, não seria nada fácil, fora que mil coisas pesam nesse momento: não era o meu ideal de noiva casar barriguda e acima do peso, eu queria curtir, dançar e pular na minha festa de casamento até o final, queria ter tempo e dinheiro programados para escolher cada item e não fazer tudo às pressa.

Enfim, estava quase optando por casar quando meu filho tivesse 2 ou 3 anos, mas fui conversar com uma grande amiga que também havia passado por essa situação, e o que ela me falou, “desceu redondo”.

Ela disse que apesar de ter optado casar antes da filha dela nascer por outros motivos, hoje ela não se arrependia, pois se deu conta que a maior emoção do mundo é ver um filho nascer, depois disso qualquer outra coisa vai se tornar menor, e o sentimento que se tem no casamento é muito bonito, vale a pena senti-lo plenamente.

Isso me fez razão, me fez sentido, falei com meu noivo (hoje marido) e optamos por casar antes do Pedro nascer!

 

Mas então, quando?

Optei por estar aproximadamente de 5 meses, acho que essa foi uma ótima escolha! Primeiro pq acredito que o segundo trimestre seja o mais ideal para o casamento. A energia está revigorada, foi a melhor época da minha gestação, e ouço muitos testemunhos que também foi para outras mamães.

Minha barriga apareceu muito cedo, o que não é comum para primeira gestação, muitas chegam ao quinto mês sem nem parecer grávida, o que pode ser um ponto positivo para se casar nesse período também. Outra coisa que me favoreceu casar nesse período, tive 5 meses para focar só no casamento, e depois ainda me sobrou tempo para focar só no bebê (quartinho, enxoval, etc…) não precisei ver as coisas juntas, acho que foi muito bom.

 

Vestido de noiva

Já uma coisa que não fui muito feliz foi na escolha do meu vestido, não pelo resultado final em si, mas pelo processo mesmo. Por estar grávida, ser uma mulher alta e não ter dinheiro nem muito tempo para primeiro aluguel, achei que seria muito difícil achar um vestido que caísse bem em mim, coloquei isso na minha cabeça, e fui atrás do vestido, resultado, acabei optando pelo primeiro vestido que eu achasse “Ok” e estivesse dentro do budget, para ser mais clara, me satisfiz com pouco, sem precisar.

Não sei se foi algo meu ou se a maioria das noivas sente essa “culpa” de estar gastando dinheiro com casamento, eu não me sentia muito com esse “direito” já que tinha tanta coisa para ver para o bebê! Mas hoje percebo que se tivesse optado por um budget um pouco maior para o vestido de início, teria sido muito melhor!

Esse é um item muito importante para qualquer noiva ainda mais para uma noiva grávida, se sentir bonita é fundamental, mas estar confortável nesse momento é ainda mais!

 

Só me dei conta disso durante as minhas provas, afinal eu nunca havia ficado grávida, não sabia como as coisas seriam dali para frente… conforme as provas foram acontecendo, a barriga foi aumentando e o cansaço também, o vestido foi pesando, eu não aguentava ficar em pé mais de 5 minutos com aquele vestido, a menos de 1 mês do meu casamento decidi trocar de vestido.

Acabei ficando com o único vestido da loja que me servia e custava o dobro do primeiro. Não que eu ache que eu tenha ficado feia nem nada, mas se soubesse que ia gastar o tanto que gastei com certeza teria achado algo muito mais “a minha cara”.

Coisas que eu acho importante para o vestido: pense em um vestido mais leve e de preferência com alça, o tomara que caia tende em apertar e sobrecarregar o peso bem na barriga.

 

Melhor horário

Outra coisa que acho que foi muito bom: optamos por casar durante o dia, mas em um horário que eu pudesse fazer as coisas com calma, me alimentar bem, e não estar morrendo de fome na hora da cerimônia.

Quer queira quer não, o dia da noiva é um dia corrido. Se programar com a alimentação vai garantir que você curta sua festa tranquilamente! E começar a festa um pouco mais cedo garante que você consiga aguentar até o final!

 

Sapato ideal

O sapato foi bom também. Optei por um sapato baixo, claro, eu tenho 1,80 m não preciso me preocupar com isso, mas para as de nós que precisam de um salto para se sentir bem, pense em um salto grosso. Lembre-se que o que é visto do seu sapato é no máximo bico.

De qualquer forma, se não for distribuir rasteirinhas ou algo do gênero na sua festa, garanta algo mais confortável para você “descer do salto sem sair do salto” após um período de festa… mesmo eu que estava de sapato baixo, troquei logo pelas havaianas! Afinal, sapato novo é sempre sapato novo, né? rsrs

 

Cerimônia

O celebrante, por incrível que pareça é uma parte importante para você que está grávida também! Conversar com ele para não falar muito é providencial nesse momento. Ficar muito tempo de pé é mais exaustivo quando se está grávida.

O padre do meu casamento falou bastante, eu cheguei a suar frio. Na correria que estavam meus dias, não tive muito tempo de ir ver as cerimônias para escolher um celebrante. Acabei pegando um por indicação e esqueci desses detalhes.

Minha cerimônia foi longa, chegou um momento que toda aquela emoção foi indo embora e tudo o que eu queria era uma cadeira para sentar. Dei sorte de cerimônia acabar bem nesse momento, mas podia ter sido um pouco menor!

 

Drinks sem álcool

Hoje em dia muitos bares proporcionam drinks deliciosos sem álcool, e você pode curtir com algo diferente de água no seu grande dia! Por termos casado em um domingo a tarde, optamos por não ter bar de drinks. Não tive essa opção no meu casamento, mas logo depois fui em um casamento de uma amiga que tinha e me acabei nos “virgin drinks”, são deliciosos!!!

 

Esses para mim foram os principais pontos altos e baixos da minha cerimônia e festa de casamento, espero ter ajudado outras noivas que estão passando pela mesma situação!

 

Curta cada momento!

Se posso dar um último conselho, seria de tentar curtir cada momento normalmente. Tente não se deixar abater pela pressão de tempo, corpo, boatos, etc.

Curta o seu momento, ele é SEU e de mais ninguém! Quando me dei conta disso, de quanta coisa a vida estava me dando (um marido maravilhoso que me ama e que eu amo, um filho saudável fruto de muito amor, são só algumas), escolhi a música que eu ia entrar na cerimônia, que diz mais ou menos assim: “Graça à vida, que tem me dado tanto…”

 

Por:
Priscila Vicente
Produtora e organizadora de eventos na empresa Antes do Sim consultora especializada

 

Leia mais...
Casare - Seu Site de Casamento mais Elegante!

INSPIRAÇÃO DE SAPATOS DE NOIVA -SEM SALTO!

Olá, Casamenteiras! Alguma noivinha aí esta a procura de inspirações de sapatos para o grande dia?

Tanto quanto nós amamos todo o glamour e altura que um par de saltos altos nos proporciona, nós amamos também sapatos baixos cheios de fofura, beleza e conforto.

Eles são confortáveis, eles são práticos, e um par cuidadosamente escolhido para combinar com o seu look de noiva será totalmente lindo também.

Quando você está procurando o seus sapatos de casamento, é importante lembrar que o dia é longo, o terreno pode ser desigual (pedras de cascalho / areia / lamacento prados) e no final da noite, você não quer apenas ficar quieta em pé, você quer ficar muito na pista de dança também!

Pensando nisso, e também para as noivas que fazem opção de sapatos mais baixos quando os noivos podem ficar mais baixos que as noivas.

Você acha que sapatos não baixos pode ser digno de casamento? Você vai se surpreender! Prepare-se para começar a fazer compras…

Leia mais...

Sapato de noiva: dicas para escolher o seu

Pensando no look da noiva com muito carinho da cabeça aos pés

Bom dia, Casamenteiras!

Tudo bem? Para começar a semana com o pé direito, vamos falar de sapatos de noiva! Esse item tão amado pelas mulheres merece uma atenção especial no grande dia, afinal, além de linda, a noiva deve estar confortável e o sapato pode ser o grande aliado (ou vilão) nesse quesito.

Estilo da noiva

Muitas coisas devem ser consideradas ao escolher o sapato de noiva. A primeira, e mais importante, é escolher um modelo que combine com você. Se você não está acostumada a usar salto fino e alto, não escolha algo assim justo para o dia do casamento. Se você não quer abrir mão do salto, mas não se sente segura para usar um alto, opte por um salto médio e mais grosso ou um anabela – eles te darão mais segurança, mais conforto e aqueles desejados centímetros a mais.

Tenha em mente também o estilo do seu vestido e do seu casamento: vestidos clássicos (e celebrações mais formais) pedem sapatos mais conservadores, de preferência fechados ou peep toes; se seu vestido é mais “sequinho”, com menos volume, e seu casamento será durante o dia, as sandálias são uma ótima opção. Agora, se você não abre mão do conforto mesmo e é uma noiva moderninha, que tal um tênis? Hoje em dia existem marcas que oferecem tênis customizados especialmente para noivas – e a gente garante: eles são lindos!

Local e estação do casamento

O local do casamento também deve ser levado em consideração: não importa o quanto você ama usar salto, se o seu casamento for na praia, no melhor estilo “pé na areia”, deixe o salto para outro dia. Para esse tipo de ocasião, o melhor mesmo são as rasteirinhas ou os acessórios de pé. Casamentos no campo também exigem uma atenção especial: salto fino afunda na grama e pode se tornar o tormento da noiva e das convidadas. A opção mais interessante são saltos mais grossos ou, para quem abre mão do salto, sapatilhas.

Não esqueça de considerar também a estação do ano em que vai se casar: normalmente, nossos pés incham em dias mais quentes e diminuem em dias mais frios. Portanto, se você for casar no inverno, procure comprar seu sapato em um dia mais frio, para não ter uma surpresa desagradável na hora de calçar o sapato para o casamento. Se isso não for possível e você for às compras durante um dia quente, escolha um sapato mais firme no pé, pois é bem provável que no dia do casamento o seu pé esteja menor. O oposto vale para as noivas que irão casar no verão: caso vá comprar seu sapato em um dia frio, opte por um tamanho que fica mais soltinho (mas não grande!).

Para inspirar as noivinhas, separamos modelos de todos os estilos e tamanhos de salto. Confira na galeria abaixo!

Opções não faltam e, independente do seu estilo, você vai encontrar o sapato dos seus sonhos! Boa sorte na busca e não esqueça das nossas dicas. ;)

Beijos,
Equipe Casamenteiras.

 

Leia mais...
Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS