Gastronomia


A lenda do Bem Casado

“O Bem Casado representa duas partes que se unem e são seladas pela cumplicidade e respeito mútuo.
Para se ter muita sorte nesta união, deverá ser distribuído um Bem Casado a cada convidado.
Diz a lenda, que todo aquele que saborear um Bem Casado, estará sendo abençoado com a mesma sorte e felicidade.
“Basta fazer um pedido, antes de  dar a primeira mordida”.

bem-casado

Veja também: Definindo o Orçamento | Fiquei Noiva e agora?, Um chá de panela bem decorado

O Casare não faz somente sites de casamento, mas também informa e inspira noivas e noivos no momento mais mágico de suas vidas. Por isso estamos aqui, para oferecer matérias úteis que ajudem vocês. Enviem suas dúvidas, sugestões através dos comentários para que possamos melhor direcionar as pautas.

Leia mais...
Casare - Seu Site de Casamento mais Elegante!

Inovando com bem-casados

Hoje em dia é praticamente impossível ir a um casamento e não ver os famosos bem-casados. Sejam eles espalhados pelo hall de entrada ou dispostos em pequenas quantidades nas mesas dos convidados, todo mundo vai querer um.

Mas como fugir do comum com algo que já não é mais novidade em casamentos? Confira algumas dicas e não tenha medo de errar!

– Fuja do papel crepom, invista em tecidos com novas texturas e estampas;

bem-casados

– Troque a fitinha de cetim por laços de organza;

– Use pedrarias e pingentes com iniciais, corações ou crucifixos;

– Coloque flores grandes em tecido no lugar dos laços;

bem-casados

bem-casados

– Saquinhos e trouxinhas são ótimas opções para embalar os bem-casados ao invés dos famosos “pacotinhos”;

bem-casados

– Abuse da renda, tanto para embalar quanto passar um fita grossa envolvendo o bem casado no lugar das fitas de cetim;

– Utilize ráfia para embalar os docinhos, caso seu casamento seja no campo ou na praia;

– Deixe a embalagem em seu estado original: mostre o bem casado dentro do seu próprio plástico transparente, passando apenas uma fita para enfeitar;

– Coloque-os sobre objetos decorativos como mini cadeirinhas de madeira ao invés de fazer o famoso “montinho”;

– Ouse no recheio! Ele não precisa ser tradicional: pode ser de morango, chocolate ou pistache;

Imagens: Pinterest

***

Este post é de autoria da querida Elisama Azevedo, designer, musicista e autora convidada da Revista Casare.me. Apaixonada pelo mundo das artes e das festas, começou a escrever no início da preparação do seu próprio casamento e hoje ajuda várias noivinhas a realizarem o grande sonho através de seu blog pessoal “Casar é…“.

Leia mais...

Hand painted cakes – Bolos pintados à mão

Um dos pontos mais aguardados do casamento é, sem dúvidas, o bolo da festa. Ele pode ser cenográfico, ou seja, confeccionado em isopor ou biscuit, como também pode ser real, feito em pasta americana. Olhando de longe nem conseguimos distinguir a diferença da matéria-prima, mas sua beleza sempre chama a atenção.

Uma das novidades em bolo que acaba de chegar ao Brasil é o bolo pintado à mão ou hand painted cake, como é conhecido em outros países.

Este trabalho deve ser feito por uma boleira de confiança, por se tratar praticamente de uma obra de arte. Você pode optar por desenhos coloridos ou monocromáticos que tenham a ver com seu casamento ou que simplesmente remetam a um trabalho artístico. Talvez apenas algumas linhas abstratas sejam suficientes para deixar seu bolo com mais estilo.

Veja alguns modelos de hand painted cake abaixo:

 hand painted cake

hand painted cake

hand painted cake

hand painted cake

hand painted cake

hand painted cake

hand painted cake

É muito importante que as tintas utilizadas sejam comestíveis e você pode até estender essa novidade para os cupcakes e docinhos em geral.

Independente de seu bolo ser de glacê ou biscuit, experimente decorá-lo com motivos florais, texturas, monogramas ou qualquer outra arte que tenha o estilo do casal. Você verá que seu bolo será o centro das atenções na hora da sobremesa.

Imagens: Pinterest

***

Este post é de autoria da querida Elisama Azevedo, designer, musicista e autora convidada da Revista Casare.me. Apaixonada pelo mundo das artes e das festas, começou a escrever no início da preparação do seu próprio casamento e hoje ajuda várias noivinhas a realizarem o grande sonho através de seu blog pessoal “Casar é…“.

Leia mais...

Casamentos no verão: o que fazer para a comemoração ser sucesso

“Vem chegando o verão/O calor no coração…”

Dia 21 de dezembro começa o verão no Brasil. Essa estação, que vai até 20 de março, proporciona dias mais quentes e longos. Por isso, é bom as noivas que escolheram este período do ano ficarem atentas a pequenos detalhes que podem fazer toda a diferença no dia do casório. Confira nossas dicas para casamentos no verão!

A primeira preocupação de quem vai casar nos dias quentes deve ser procurar um local arejado, fresco e, se possível, que tenha ar condicionado. Essa precaução é importante porque ficarão várias pessoas em um mesmo ambiente e, provavelmente, elas irão dançar. Logo, tome cuidado para que elas não “derretam” de calor.

festa

Outra dica é escolher o horário de final de tarde ou início da noite para a celebração. Em locais abertos, como sítios e praias, é legal distribuir protetor solar, óculos de sol e repelentes. Para locais fechados, podem ser entregues rasteirinhas e leques para as mulheres (este último principalmente na igreja, que costuma ser um ambiente mais abafado). Esses mimos ajudam os convidados a ficarem mais confortáveis e ainda os fazem sentirem-se mais especiais.

leque de casamento

leque de casamento

Sobre o buffet, é recomendado que seja composto por comidas leves e a bebida deve estar bastante gelada. Harmonizando com a decoração, podem ter pontos específicos com suqueiras para os convidados se servirem de água de coco, água aromatizadas ou propriamente de suco. Ou, ainda, um carrinho próximo à pista de dança com sorvete e picolé. É claro que todos irão amar!

suco

picolé

Além disso, as noivas devem pensar nas altas temperaturas na hora de escolher o modelito. Procurem vestidos sem muita armação interior, que tenham decotes nas costas com tecidos fluidos. As boas opções são renda francesa (que é mais fina), organza, tule de seda e musselines. Se combinar com o seu estilo, use um mini dress. E, claro, dê preferência para os penteados que deixam os cabelos presos.

Para finalizar, aquelas que gostam da cor bronzeada que o verão permite, tomem cuidados redobrados ao se expor ao sol. Você não quer ficar com a pele manchada, descamando ou, ainda, com aquele aspecto de camarão na véspera do seu grande dia, né? E lembre-se de não usar um tomara que caia porque marquinha biquíni não tem nada a ver com casamento!

 ***

Este post foi escrito por nossa querida Juliany Alencar, autora convidada da Revista Casare.me. Ela é jornalista, decoradora de eventos e autora do blog Alegria de Casar.

 

Leia mais...
Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS