Quando as unhas dos felinos começam a crescer, naturalmente eles sentem necessidade de apará-las ou afiá-las, por isso saem “destruindo” tudo que tem pela casa, desde sofás, cortinas, tapetes e tudo que for áspero e servir como uma lixa para eles! O que podemos fazer e nos anteciparmos, cortando as unhas assim que notarmos o incomodo ou mesmo acompanhando se estão ficando afiadas demais para a convivência conosco, provocando os arranhões quando vamos acariciá-los por exemplo.

Como cortar as unhas do seu gatinho sem deixá-lo assustado?

Coloque ele confortavelmente no colo, de barriga pra cima, de modo que sinta confiança em você, se ele ficar agitado, tente envolvê-lo mas deixando de pé entre seus joelhos, tente encontrar a posição que mais deixe seu gato tranquilo, a partir disso, segure a patinha com firmeza apoiando o centro da pata na parte de baixo para ele não recolher as garras. Só corte a parte transparente da unha, que não é irrigada, portanto não causa dor nem sofrimento a ele. A parte rosa da unha, que fica mais próxima a pele e ao pelo, é bastante irrigada e pode causar trauma e sangramento! Se ficar em dúvida, ou se a unha for mais escura e difícil de identificar, corte apenas a pontinha, ou então faça uma visita ao veterinário e peça orientações até que se sinta seguro para realizar a tarefa sozinha!

Uma dica bem legal que é recomendada pelos veterinários é de acostumar seu gato com essa rotina desde novinho , assim ele sente confiança em você e o corte será sempre mais tranquilo! Não existe um limite de idade para começar esse cuidado!

É importante lembrar que nossos queridos felinos necessitam afiar suas garras e essa é também uma forma de exercitarem sua musculatura, portanto não devemos cortar demais, apenas as pontinhas, sempre em diagonal, e oferecer objetos como as torres com corda para as atividades físicas deles!

Se você notar que seu gato anda mordendo a ponta das patas ou arranhando excessivamente objetos na sua casa, pode ser sinal de que é hora de passar a tesoura nas unhas! Há instrumentos específicos para podar as garrinhas deles, são parecidos com alicates, bem mais resistentes e alguns contam até com uma proteção contra o excesso de corte, bem interessantes, são ideais para essa tarefa:

Esses são modelos de cortadores para unhas dos pets, alguns deles servem tanto para unhas de gatos quanto de cães! Não quer dizer que não possamos utilizar um alicate de unhas comum, mas esses são especialmente feitos para eles!

Cortar as unhas do seu bichinho é um cuidado tão importante quanto todos os outros, e acompanhar seu ritmo, comportamento e desenvolvimento também!

Em tempo: a Onitocenia – retirada cirurgica das unhas de animais –  é proibida por lei no Brasil, sendo permitida somente em casos indicados pelo veterinário.

 

Via: Rua Direita e Royal Canin

Fotos: Google Imagens