Meninas, hoje estou completando 2 anos de casada!!! Estou muito feliz e quis compartilhar este momento importante com vocês, por isso abaixo umas fotinhos e um texto que conta um pouquinho da minha história de amor. Muitas de vocês que acompanham o Chá das Panelas conhecem a historinha, mas como o portal tem várias novas leitoras decidi contar novamente. As fotos foram tiradas uma semana antes do meu casamento na praia da Barra, próxima a Garopaba, Santa Catarina.

Felicidades para mim!! 🙂..

Foi em meados de setembro de 2002 que eu conversei pela primeira vez com ele. Nós estávamos numa festa em Porto Alegre, não sei se o lugar ainda existe… era alí na Padre Chagas… bom… mas lá estávamos nós quando eu resolvi ir falar com ele… SIM, fui eu quem tomou a iniciativa. Falei: “A gente sempre se vê, mas nunca se fala…”. Ele ficou surpreso!! Nada aconteceu neste dia, mas claro que o menino achou que eu estava caidinha por ele, né?!

Na verdade eu não estava… o fato é que uma das minhas melhores amigas, a Flávia, é irmã da minha atual cunhada, a Fernanda, e elas estavam “à procura” de uma menina legal para o meu futuro marido. O que aconteceu é que a Flá falou dele pra mim, eu achei que ele estava interessado em mim e fui falar com ele; logo, ele achou que eu estava interessada nele. Uma confusão!!!

Quase dois meses depois nos encontramos novamente… foi quando nos beijamos pela primeira vez! Neste dia ele foi me largar em casa e, quando eu desci do carro, ele disse “eu te ligo!”. Ok, mas o problema é que ele não pediu meu telefone!!! Vocês acreditam que a cara de pau aqui falou “você não tem meu telefone… vai procurar no guia, é?!”. O moleque me responde “Ah… eu consigo isto”. E não pediu mesmo!!!


Isto foi numa terça-feira… quando foi sexta-feira ele me ligou! Deste dia em diante não paramos mais de nos encontrar… e em um de nossos encontros eu beijei os olhos dele e disse “quando alguém beija os nossos olhos a gente se apaixona por esta pessoa”… uma semana depois recebo um lindo arranjo de flores na minha casa com um cartão escrito:

“BEIJO NOS OLHOS FUNCIONOU”

obs.: gurias, troquei o título do post porque acabei pesquisando melhor se dois anos de casamento era bodas de papel ou algodão… o que acontece é o seguinte: na maioria dos países o segundo ano é bodas de papel, mas no Brasil é bodas de algodão. Como o casamento foi no Brasil e nós somos brasileiros tenho que comerar certinho, né? Então acabo de completar minhas de bodas de algodão! Obrigado a quem me deu um “toque”. Onde vi? Aqui!

♥♥♥

Fotos: Rudi Bodanese