Mamães, vocês conhecem a massagem Shantala? Se não, a gente apresenta. Está técnica é sinônimo de relaxamento e bem-estar para o seu pequeno. Os toques no rosto, no peito, na região da barriga, costas, pernas e braços são garantia de um sono tranquilo e ajudam a acalmar na hora de trocar as fraldas e também de comer.

Além de ser estimulante em vários sentidos, a massagem é um momento único de carinho entre mãe e bebê. O ideal é que a Shantala seja um ritual diário, sempre em momentos de conforto do bebê. Ele não deve estar nem com fome nem com sono e muito menos logo depois de mamar. É sempre bom esperar mais ou menos uma hora.

No verão, e com brotoejas, a massagem não é recomendada. E no inverno, muito cuidado com a temperatura do ambiente e das mãos, já que o processo é feito sem roupinha. O óleo vegetal puro pode ajudar a aquecer as mãos da mãe. O toque deve ser firme até sentir a musculatura da criança, mas sem apertar demais.

Atenção com a parte emocional. Isso pode passar de mãe para filho. Então se você teve um dia tenso, antes de fazer a massagem, tome um banho relaxante. Caso a tensão continue muito forte, deixe para o dia seguinte. Se o pequeno se sentir desconfortável no começo, é normal. Vá devagar e comece fazendo um carinho de leve nas mãos e nos pezinhos.

E aproveite este momento!