O mapa mental é uma técnica que pode ajudar os noivos na tarefa nada fácil de organizar um casamento.


Neste método, cria-se um diagrama para sistematizar informações e etapas de um processo. É usado em diversas áreas e bastante popular no mundo corporativo, mas adequa-se perfeitamente ao planejamento do grande dia, que, como todos sabem, tem mil e uma etapas envolvidas.


Mapa mental no planejamento do Casamento

O diagrama de um mapa mental inicia-se com um assunto central, neste caso seria: planejamento do casamento. Deste foco, irão derivar-se linhas com palavras-chave que se conectam ao assunto central.

Do círculo central podem surgir linhas que indicam etapas do planejamento do casamento separadas por prioridades, prazos para execução. Ou seja, o que deve ser feito dentro de 6-12 meses, depois dentro de 6 meses, 2-4 meses, 2 meses, 1 mês… e assim até a véspera.

Assim, na linha de 6 a 12 meses saem ramificações com os ‘to-dos’ desta etapa, que podem incluir: comunicar a família, lista preliminar de convidados, alianças, enxoval, poupança conjunta, tipo de recepção, local e hora, entre outros. O mesmo é feito dentro de cada outra linha que indica um recorte temporal.

Para a visualização se tornar ainda mais organizada e intuitiva, use cores diferentes ou ainda símbolos ou ícones para identificar as etapas. 

Você pode usar a sua própria lógica de organização. O importante é manter o mapa mental claro, usando hierarquia radial, ordem numérica ou contornos para agrupar ramos. Desta forma, você consegue visualizar melhor tudo o que envolve o planejamento do grande dia, ter uma noção de prioridades, não se perder e, o melhor, não se desesperar!