Gente,

Semana passada estive um pouco sumida por conta de um terrível acidente que aconteceu com a minha amada Belinha! Eu sou super cuidadosa com ela, quem me conhece sabe! Trato a Belinha como se fosse minha filha mesmo e procuro estar sempre atenta para que nada de mal aconteça à minha bebê. Mas infelizmente acidentes acontecem… 🙁

Belinha-11 Pets na casa com segurança {cuidados contra acidentes domésticos}

Domingo passado eu e meu marido levamos um baita susto. Esquecemos a porta do box do banheiro aberta e a Belinha pegou o aparelho Prestobarba que havia caído no chão sem que percebêssemos. A Belinha simplesmente destruiu o aparelho e engoliu diversos pedaços de lâmina de gilete. Tudo muito rápido!

Passamos 3 dias em clínicas veterinárias, fazendo diversos exames de raio-x,  ultrassom e etc (imagens dos pedaços de lâmina e gráfico abaixo), mas graças a Deus a Belinha saiu completamente ilesa deste pesadelo, expelindo tudo pelas fezes sem qualquer machucado. Por pouco escapou de ter que se submeter a uma cirurgia de risco! Foi um milagre!

HistóricoBalísticaBX Pets na casa com segurança {cuidados contra acidentes domésticos}

Infografico-02 Pets na casa com segurança {cuidados contra acidentes domésticos}

Então aqui fica o alerta para quem está pensando em adotar um bichinho, seja cachorro, gato, peixe ou passarinho, você precisa preparar a casa para recebê-lo. Da mesma maneira que fazemos quando esperamos um nenê e modificamos toda a disposição de móveis e objetos, com os bichinhos de estimação, devemos fazer  o mesmo,  seja  para preservar  nossas coisas como para segurança dos animais.

pets-segurança1 Pets na casa com segurança {cuidados contra acidentes domésticos}

Vejam algumas dicas para segurança do seu pet:

1. Não deixe produtos de limpeza à vista nem ao alcance do seu pet! Também não deixe latas de lixo, roupas, sapatos e brinquedos de crianças ao alcance dos bichos.

2. Prefira deixar objetos decorativos (que atraem principalmente os gatinhos)  numa prateleira alta para evitar estragos. Lembre-se que pode quebrar e cortar o seu bichinho.

3. Esconda todos os  fios e cabos elétricos. Os pets adoram brincar com  os fios  enrolados, pois pensam que é mais um objeto para brincar e morder, principalmente quando filhotes.

4. Flores e plantas devem ser borrifadas com spray repelente para que eles não mastiguem as folhas. Sempre tenha um repelente de pets à mão para passar em objetos mais perigosos para eu animalzinho.

5. Cuidado com seus móveis. Os filhotes de cachorros adoram morder sofás, mesas e armários. Isto porque seus dentinhos estão crescendo e eles sentem um alívio ao massagear a gengiva enquanto mordem. Já os gatinhos, amam afiar ou amolecer suas unhas em cortinas, almofadas e sofás.  Para proteger seus móveis,  aposte em capas ou forro grosso para sofá, até que seu animalzinho entenda que os móveis não são brinquedo.

6. Deixe sempre à disposição do seu animalzinho brinquedos de morder para cães e de amolar as unhas para os gatos. Mas cuide  para que os brinquedos sejam de um tamanho que não possam ser engolidos acidentalmente!

7. Lembre-se de passear com seu cachorrinho (após tomar todas as vacinas). Muitos cães fazem estragos na casa por causa da falta de atividade física. Eles  precisam passear todos os dias para gastar energia e não descontar a hiperatividade na sua casa.

8. Tenha sempre um horário do dia para brincar com o seu bichinho. Deste modo ele gastará mais energia e dificilmente vai procurar morder ou engolir objetos indesejados. Este é um comportamento típico de animais entediad0s.

9. Fique sempre “de olho” em seus animais. Mesmo com todos os cuidados, acidentes podem acontecer, e estar atento é fundamental para tomar uma atitude rápida caso precise salvar o bichinho de algum problema.

10. Para garantir ainda mais a segurança do pet (principalmente dos gatos, que costumam pular e escalar tudo), coloque telas de proteção nas janelas, mesmo nas de casa, isso evita que o animal machuque as patas ou mesmo que fuja numa possível queda.

Se qualquer acidente acontecer, nem pense duas vezes! Corra para a clínica ou hospital veterinário mais próximo!

 

Por Karla Keunecke

♥♥♥

Fonte: Vale Lar e Pet Mag

Fotos: Casamenteiras, Luiz P. Monteiro e Cool WallPaper

Gráfico: Luiz P. Monteiro