Ele pede, você aceita. Liga para a família, avisa as amigas, celebra a novidade, comemora a dois.  Depois do alvoroço da notícia, vem a parte realmente complicada: como planejar um evento tão grandioso como um casamento?


A difícil tarefa pode começar de um jeito simples, com uma caneta e papel. Aqui no blog, já mostramos como a metodologia do mapa mental pode ajudar nessa missão. Neste post, vamos dar outras dicas dos primeiros passos para começar a planejar o casamento.

Com um papel e caneta – ou no seu notebook – comece respondendo algumas perguntas básicas que irão direcionar as próximas etapas da organização do grande dia:


1.Quantas pessoas serão convidadas?


A lista de convidados é fundamental para entender o tamanho da celebração. Com este número e o orçamento disponível você já poderá definir o tipo de festa e cerimônia que poderá fazer.

Ver: Disse SIM, e agora? Lista de convidados | Casamentando com Pri Vicente


2. Qual é o seu orçamento?


Vão utilizar poupança pessoal? Ajuda dos pais? Empréstimo? É importante conhecer  as possibilidades.

Ver: Definindo o orçamento | Fiquei noiva e agora?


3. Onde vai ser realizada a cerimônia?


Na cidade ou fora? Ao ar livre ou em capela? Salão de festas ou um espaço alternativo? Destination wedding? O local também faz parte das primeiras decisões do planejamento.


4. Vai ser um casamento tradicional ou algo diferente?


É importante conhecer as opções e diferentes temas. A partir desta escolha você terá uma ideia melhor da complexidade das próximas etapas. Um casamento temático, por exemplo, pode exigir mais atenção aos detalhes de decoração.


5. Escolha uma data


Por questões de disponibilidade, a data vai depender da escolha do local. Com ela definida, já é possível partir para a primeira parte prática do evento: os convites.

Veja dicas em: Papelaria do casamento – linha do tempo e as regras de etiqueta que toda noiva precisa saber


Com essas informações você terá uma noção da dimensão do evento e poderá partir para as etapas mais práticas, como a procura por fornecedores, a escolha de madrinhas, do vestido, lua de mel… Também vai entender se vai dar conta de tudo isso sozinha ou se vai precisar contratar um serviço especializado.


Agora que já definiu os pontos iniciais do seu casamento, veja também: Check list do casamento: roteiro para 12 meses de planejamento!