amor-nao-tira-ferias06 Querido Diário
Hoje estou começando esta pequena tentativa de colocar pra fora minhas dúvidas, angústias, pensamentos.
Quando era adolescente, eu gostava de ter um diário ou uma agenda onde eu escrevia meus acontecimentos do dia-a-dia.

Acho que colocar pra fora me ajuda a diminuir a ansiedade e é bom para eu ter guardada uma memória sobre mim.

A idéia inicial era de não compartilhar com ninguém esse blog, assim eu ficaria à vontade para escrever, sem me preocupar com o julgamento alheio, sem expor minha intimidade para terceiros.

Hoje amanheceu um dia lindo lá fora. Sol e frio, adoro dias assim. Não tive ânimo de ir para a academia, apesar do incentivo dele para que eu aproveitasse esse lindo dia para dar uma caminhada, tomar um chimarrão… Mas prometo que irei amanhã à academia, se Deus quiser!

Ainda estou no clima romântico do filme “O amor não tira férias”. Fui muito tocada por esse filme, talvez nem seja tão espetacular como eu estou pensando que é, mas andava meio carente nos últimos dias. Confesso que estou apaixonada pela casa da personagem Iris e pelo romance vivido por Cameron Diaz e Jude Law.

Comprei o livro Fragmentos de um discurso amoroso, de Roland Barthes. Tenho sentido falta de ler e ando com vontade de ler coisas românticas ultimamente. Veremos…