amizade


COCO MOJITO: PARA RECEBER SEUS AMIGOS!

Olá, Casamenteiras! Como estão suas férias de verão?

Depois do casamento é comum a preocupação e o cuidado em receber bem seus convidados.

Pensamos em uma dica especial para que seus amigos e familiares lembrem da visita a sua casa e fiquem com água boca. Já que é verão pensamos em um drink bem tropical é perfeito para receber seus convidados na piscina.

COCO MOJITO: PARA RECEBER SEUS AMIGOS!

Essa receita de drinks é bem fácil e certamente ao visitar sua casa vão te perguntar se você não irá fazer de novo, afinal, quem não ama um delicioso mojito??

É uma delícia! Façam e aproveitem!


O QUE VOCÊ VAI PRECISAR:

6 folhas de hortelã fresca

3 fatias de limão

1 colher (chá) de açúcar mascavo

2 1/2 colheres de sopa de rum branco

1 colher de sopa de rum de coco

2 colheres de sopa de leite de coco

Gelo

1 xícara de soda

Fatia de limão extra para enfeitar e flores comestíveis

Preparo:

♦ PRIMEIRO PASSO: Adicionar 6 folhas de hortelã fresca, 3 fatias de limão e açúcar mascavo em uma coqueteleira.

♦ PASSO DOIS: esmagar os ingredientes no fundo do agitador.

PASSO TRÊS Adicionar rum branco, rum de coco e creme de coco.

♦ PASSO QUATRO: Encha coqueteleira com gelo e mexa

PASSO CINCO: Coe e adicione o refringente de soda

PASSO SEIS: decore com limão e flores comestíveis a faça um brinde!

Receita criada por: Peter Rowland Catering

 

Leia mais...

Tchau 2015!

Oi Casamenteiras!

Esse 2015 voou! Engraçado que a sensação é geral não é? Aconteceu tanta coisa no mundo esse ano, foi um ano um pouco pesado para falar a verdade. Escândalos de corrupção no Brasil, protestos, estado islâmico e todas as atrocidades que são capazes, os refugiados, a lama que cobriu cidades inteiras e matou um rio tão lindo e importante, Zika Vírus, o que aconteceu em Paris, tanta tristeza! As únicas notícias legais que me vem na cabeça de “bate-pronto” foi que descobriram água em Marte e tiraram uma foto linda de Plutão vocês lembram? Parece que notícia boa esse ano só fora do Planeta Terra mesmo…

Planeta Terra

Nas ruas, na internet só se fala disso, que ano complicado! Uau!

Sou uma otimista incurável, e se até eu estou sentindo um certo desânimo, é por que a coisa está feia mesmo.

Mas mesmo um pouco desanimada eu preciso dizer que tudo isso que aconteceu só me lembra de agradecer sempre pela minha vida, a saúde da minha família, a alegria dos meus filhos, a comida na minha mesa, o teto sobre a minha cabeça, os meus Amigos, ter um Objetivo.

Se o planeta está envolto em uma nuvem escura de tristeza, dor, desespero o que você pode fazer para ajudar? Seja um ponto de luz! Ilumine a sua casa, a sua vida, a sua família. Irradie alegria e agradecimento pelo que você tem. Seja feliz! Estamos todos no mesmo barco, já viram um texto lindo de Carl Segan falando do nosso planeta? Vou deixar um pedaço aqui para inspirar vocês.

Olhem de novo esse ponto. É aqui, é a nossa casa, somos nós. Nele, todos a quem ama, todos a quem conhece, qualquer um sobre quem você ouviu falar, cada ser humano que já existiu, viveram as suas vidas. O conjunto da nossa alegria e nosso sofrimento, milhares de religiões, ideologias e doutrinas econômicas confiantes, cada caçador e coletor, cada herói e covarde, cada criador e destruidor da civilização, cada rei e camponês, cada jovem casal de namorados, cada mãe e pai, criança cheia de esperança, inventor e explorador, cada professor de ética, cada político corrupto, cada “superstar”, cada “líder supremo”, cada santo e pecador na história da nossa espécie viveu ali – em um grão de pó suspenso num raio de sol.                Carl Segan 

Voce-esta-aqui

Normalmente no final do ano todos nós paramos para pensar no ano que passou, analisar o que fizemos, os objetivos alcançados e traçar novos objetivos para o ano que entra. Use este momento para ver um planeta feliz, iluminado!

É incrível como o clima muda no final do ano, as pessoas ficam mais gentis, generosas, bondosas, alegres, acontece uma magia mesmo. Vocês sentem isso?

Independente da sua religião, leve esse sentimento diferente para dentro da sua casa, para dentro de você! É o que eu desejo sinceramente!

Fogos

Foi uma delícia passar quase que esse ano todo escrevendo toda semana para vocês, aprendi muito e espero aprender muito mais ainda! Obrigada de coração! <3

Um Natal iluminado e um 2016 lindo e cheio de notícias boas para todos nós!

Beijos Kaká

Leia mais...

Uma despedida diferente…

Oi pessoal, tudo bem?

Quando me mudei para este apartamento que moro hoje, meu objetivo principal era proporcionar para as crianças um espaço grande, seguro, com atividades e muitas crianças para eles conhecerem e conviverem. Acertei em cheio, aliás, contei para vocês nesse post aqui os critérios que usei e recomendo para escolher uma casa com crianças, vale a pena conferir! 😉

Aqui tem crianças de todas as idades e tem duas famílias super queridas com crianças exatamente da mesma idade da Nina e do João. Criamos todos o hábito de passar o dia no térreo com as crianças, brincando, fazendo pique nique, cantando, dançando e é claro, conversando, trocando experiências, dicas. Somos mães super animadas, sempre aparece alguém com alguma ideia de atividade para fazer, tinta, massinha, bolinha de sabão, tudo vira uma festa!

bagunça

Nós vimos nossos filhos crescerem juntos, engatinharem, andarem, falarem, eles brigam também, mas é um amor tão lindo! Na hora da despedida no final do dia, parece que nunca mais vão se ver, beijos e abraços, uma fofura só. Nos finais de semana sempre chamam um pelo outro, é uma amizade linda.

Me sinto uma sortuda por ter essas mães aqui, e por serem elas. Nunca, nunquinha houve um problema entre nós, nada. Não tem a fofoqueira, a chatinha, a neurótica, nada. Sabe quando bate certinho? Que convivência mais gostosa que nós temos, quanta coisa aprendemos com as experiências uma da outra, eu desejo isso para todas as mães do mundo! Fica tudo mais leve e gostoso.

Poder compartilhar as alegrias e fofuras e também as frustrações e o cansaço com pessoas que você sente que não estão te julgando não tem preço. Poder falar e falar e falar e também ouvir e ouvir e ouvir sem nenhuma pressão de todos os lados deveria ser um direito de toda mãe! Não tem nada que me deixe mais triste do que ver mães julgando mães, poxa, toda mãe sabe como é gente! A última coisa necessária é mais um julgamento e ainda por cima vindo de alguém que deveria entender o que você está passando.

Parece que eu mereci não sentir essa parte ruim de conviver no mundo da maternagem, e quem proporcionou e ainda proporciona isso são as minhas companheiras de dia a dia. Hoje, agora as 11h uma delas está voltando para a terrinha dela definitivamente. E eu não poderia deixar de agradecer por absolutamente todos os momentos que passamos juntas no prédio ou passeando pelo bairro. Todas as vezes que os nossos pequenos se divertiram juntos e aprenderam. E principalmente pela forma leve e tranquila que conseguimos conviver por todo esse tempo!

amigos

Ontem no final do dia eu dei um abraço apertado na Renata, que vai embora e passou um filme na minha cabeça, desde a primeira vez que nos encontramos e o que parece uma vida de convivência… que pena que a vida tomou outro rumo, vamos todos sentir muita saudades de acompanhar a Lelê e mais um pequenino que vem por aí.

Obrigada Rê e Gi! Espero que a vida continue proporcionando oportunidades para a gente ficar junto e principalmente manter a amizade linda e pura dos nossos pequenos!

E você que está aí em casa com seu pequeno, com preguiça de descer no seu prédio e conversar com os vizinhos, só digo uma coisa, você pode estar perdendo uma oportunidade incrível de ser ainda mais feliz!

Beijos,

Kaká

Leia mais...
FacebookTwitterInstagramPinterestRSSFacebookTwitterInstagramPinterestRSS