Casa Nova


Guia Prático de como lavar roupa | Modo de Usar

Quando casamos ou vamos morar sozinhos temos algumas atividades que antes não estavam no script e que agora fazem parte do nosso dia a dia. Você gostando ou não deve aprender como se faz e assim essa tarefa fica simples, com o tempo vira automática e com o resultado de roupas bem cheirosas e com cara de novinhas podem fazer você se apaixonar e querer cuidar pessoalmente de suas roupas para sempre ou de olho em que faz por você.

guiaprático1

Esse Guia foi a junção de muita pesquisa com várias roupas manchadas de marinheira de primeira viagem, que ainda sou.

Para começar:


O nome é só para dar mais charme a tarefa, ok?! ; )

  • Separe seus produtos de limpeza, bacia, varal, pregadores, panos de chão para secar os desastres (eu sempre tenho os meus) e todas aquelas novidades que você comprou e não sabe usar…

1 – SEPARE AS PEÇAS

Temos algumas divisões aqui: separe as roupas brancas, claras, coloridas, vermelhas e escuras.

Depois separe pesadas das delicadas.

“Gente, isso é demais pra mim!” Calma, não seja tão rigorosa, só preste atenção a esses detalhes que já já fica fácil. Eu era leiga até casar e até escrever esse post, claro!

Tem roupa nova? Bora fazer o teste? Coloque em uma bacia de água morna ou fria, coloque um pouco de sabão e aguarde de 3 a 5 minutos. Se a água mudar de cor é porque ela desbota. 

Quando a peça muda de cor é importante que separe ela na hora de lavar e lave somente com roupas do mesmo tipo e cor forte.

Juntando pilhas:

Pode juntar roupas clarinhas e brancas que estiverem com o mesmo nível de sujeira.

Monte a pilha do esmalte descascado: todas aquelas roupas que devem ser lavadas á mão. (use luvas cirúrgicas e garanta a manicure por mais tempo)

Se puder ser ainda mais específica separe as sintéticas das roupas de fibras naturais. Mas por quê? Porque as temperaturas de lavagem e detalhes do processo podem ser diferentes. Olhe na etiqueta e veja o que fazer com cada uma delas.

2 – ANTES DE COLOCAR NA MÁQUINA É MUITO IMPORTANTE:

  • Que você faça o tratamento das manchas e sujeiras com: alvejante sem cloro (vanish para roupas coloridas/ Vanish White para roupas brancas), detergente líquido, pasta feita com sabão em pó ou detergente, sabão em barra e até vinagre.
  • Trate as manchas enquanto elas são recentes e NUNCA deixe de molho muito tempo, o tecido pode desbotar.
  • Sua peça pode ficar de molho? Confira na etiqueta.
  • Depois de deixar de molho de 3 a 5 minutos é hora de enxaguar bem.
  • Antes de colocar na máquina confira a temperatura que ela pode ser lavada, junte com a pilha das roupas que combinem com ela e bora lá.
  • Feche os zíperes, botões, ganchos e vire todos os bolsos do avesso, vai que você encontra um din din esquecido…
  • Remova adornos como fivelas, broches, alfinetes de seguranca.
  • Não coloque para lavar nada que esteja rasgado, a não ser que você queira que a peça fique ainda mais despojada. Arrume suas peças, costure-as na hora que estiver assistindo The Voice, que passa rápido. Lembrete: olhe para os dedos e não para a TV.
  • Leia e entenda a etiqueta de cada peça.

3 – ESCOLHENDO O PRODUTO DE LIMPEZA:

Você vai testar e encontrar o seu preferido, tanto em resultado da peça, o quanto ele limpa e quanto você e sua família amam aquele cheirinho que fica.

Você pode utilizar o sabão, alvejante e amaciante.

O mais indicado para lavar roupas é o sabão líquido pois penetra melhor nas fibras e deixa a roupa mais limpinha, com menos risco de ficar manchada. Antes de despejar no dispenser da máquina veja se ele é concentrado, se for, coloque um pouco de água.

O Alvejante é bem conhecido como tira manchas e deve ser utilizado com cuidado. Quando encontrar um triângulo com X você não deve utilizar esse produto na roupa. Quando encontrar o triângulo com o CL dentro é que pode utilizá-lo com Cloro.

Coloque o alvejante líquido no dispensar de pré-lavagem, clareia as roupas e na sequência elas já serão enxaguadas, o que é indicado. Tem alvejante para roupas coloridas e roupas brancas, fique de olho.

Não coloque alvejante direto na roupa, dilua-o bem em água (a não ser que tenha comprado alvejante para manchas especifico para o tipo de roupa em questão e aí sim você pode aplicar direto na peça). Coloque toda a roupa no alvejante, só uma parte pode não funcionar. O resultado pode ser melhor com água quente.

Tecidos com elastano utilize alvejantes sem cloro.

O amaciante suaviza, da maciez, diminui a eletricidade estática e pode ser concentrado ou não. Dica de gente que sabe: naqueles dias que você se esqueceu de comprar é só utilizar vinagre branco (ainda não testei, mas o mundo diz que é perfeito).

Se o seu amaciante é concentrado coloque diluído nas roupas ou no dispensar. No caso do vinagre coloque no dispenser como se fosse um amaciante normal, sem colocar água junto.

Se manchar a roupa lave com detergente incolor líquido.

CUIDADO:

  • excessos pode deixar suas roupas duras, fachadas e fedidas. Os bebês são mais sensíveis ao produtos.
  • Toalhas de banho novas não precisam de amaciantes.

4 – UTILIZANDO A LAVADORA

  • Gente, eu sei é chato, mas vai resolver taaaanto a sua vida! Leia o manual…
  • Não ultrapasse a quantidade de roupas, você pode tirar o tambor do lugar.
  • Tente usar a capacidade máxima da máquina sempre que puder para não haver desperdício.
  • Roupas brancas podem ter um ciclo de lavagem normal, cuidado com roupas que desbotam e roupas delicadas, o ciclo dessas deve ser mais curto.

5 – LAVANDO À MÃO

Acordou no sábadão animada para lavar roupas, minha amiga?! Então ligue na nossa playlist e aproveite:

  • Preparo da roupa é igual ao preparo de quando lavamos na máquina.
  • Utilize sabão para roupas delicadas e deixe-as de molho de 3 a 5 minutos.
  • Enxágue as peças com água fria.
  • Lã, tricots e peças de linha podem esgarçar no varal. Coloque-as sobre toalhas na horizontal quando for secar.

7 – FIQUE ATENTA AOS SÍMBOLOS

Sei que já falamos sobre isso, mas vale explicar bem direitinho:

  • A etiqueta tem um código universal e ela sempre coloca seus desenhos na ordem: lavar, alvejar, secar, passar e limpar a seco.
  • Quando aparecer um número esse é o indicador da temperatura máxima que essa peça poderá atingir.
  • Toalhas e lençois normalmente podem ser bem quentinhas, de 60º a 95º.
  • Se quiser ser amiga do meio ambiente utilize a máquina com no máximo 40º.
  • Roupas delicadas não se atreva a passar de 30º.
  • Quando encontramos uma linha abaixo do númtero indica tecido sintético – o ciclo dela deve ser moderado. Quando a linha for dupla o ciclo deve ser suave.
  • Triangulo com X não alvejar.

CUIDADOS

Utilize fronhas ou sacos especiais para lavar roupas delicadas.

Utilize água quente para roupas claras, ajuda a tirar manchas.

Utilize água fria para roupas escuras e coloridas, conserva a cor e o algodão não encolhe.

Não colocar roupas de animais na máquina de lavar roupa comum.

Examine os bolsos, você pode ficar rica da noite para o dia.

Post sobre secadora fica para a próxima, ok?!

Beijão,

Nicole Piochi – Blog Modo de Usar

Leia mais...
Casare - Seu Site de Casamento mais Elegante!

Como escolher uma casa com crianças

Olá Casamenteiras, tudo bem? Continue lendo »

Leia mais...

Cantinho de Descanso

O que é melhor do que poder chegar em casa, depois de um dia de muito trabalho, e poder ter um cantinho só nosso pra relaxar, seria ótimo, não é?

Então, sabem aquele quartinho da bagunça ou a salinha abandonada, sem muita utilidade na casa ou mesmo a sala de TV? A gente pode dar uma repaginada neles e transformá-los nesse lugar de descanso perfeito!

Podemos abusar de almofadas bem fofinhas, coloridas, lisas ou florais, mantinhas de lã ou mais levinhas para os dias de verão, caixas organizadoras que podem ser de vime ou madeira para deixar tudo no lugar, enfim, uma luminária bem linda e pronto! Só curtir!

Aconchegante, lindo, convidativo… seja para aquela sonequinha rápida, colocar a leitura em dia ou simplesmente por as pernas pro ar! Adoro essa ideia de um lugar na casa só para isso, isolado do barulho, com conforto e com nosso estilo! De quebra, ainda pode servir de quarto para aquela visita inesperada ou a mais!

Olhem só se não dá vontade de correr pra um cantinho desses agora mesmo? Vamos nos inspirar e caprichar!

Esses modelinhos são todos da Pottery Barn – que é uma tentação – mas dá tranquilo para reproduzir em casa com móveis que encontramos aqui no Brasil mesmo, claro! Ainda mais do jeito que somos criativas quando o assunto é decorar nossa casinha, né?! O que acham?

Fotos: Pottery Barn

Leia mais...

{DIY} Flores na decoração: Com tecido e sem costura

Pra quem ama flores, não importa a estação, a gente quer mesmo é espalhá-las por toda a casa, não é mesmo?

Só que no verão as coitadinhas também sofrem com calor, e se não tivermos tempo para cuidar delas, acabam que ficam murchinhas e sem graça!

Uma ótima ideia então para quem está sem tempo de cuidar das suas flores, mas não abre mão da alegria delas no seu lar, são essas mimosas flores de tecido, muito simples e super fáceis de fazer… Não precisa nem de linha e agulha, gente!!!

Então, vamos fazer nosso arranjo de flores?

Anotem o que vamos precisar:

  • Tiras de tecido coloridas, podem de ser várias estampas e texturas, nas medidas 2 x 16 cm;
  • Cola quente;
  • Retalhos de feltro coloridos;
  • Palitos de madeira (serve aqueles para fazer espetinhos);
  • Tinta spray acrílica;
  • Esponja e caixa auxiliares – para pintar os palitos sem fazer sujeira;
  • Um vaso super bonito para recebe-las no final;

Podemos começar colorindo os palitos, espetem todos os palitos na esponja, coloquem dentro de uma caixa profunda o suficiente para não espirrar tinta onde não queremos. Se quiserem cores diferentes, dividam os palitos, e façam em quantas etapas forem as cores escolhidas!

Quando estiverem secos, podemos retirar da esponja e começar os trabalhos, notem que a pontinha que ficou para dentro da esponja fica sem cor, essa parte vai ficar pra dentro da flor, no miolo, tá?

Agora sim, vamos criar nossas lindas flores.

Meninas, parece mas não é nada difícil… juntem um franzidinho com ponta dos dedos, aproximem o primeiro palito de madeira, coloquem uma gotinha de cola quente (cuidem para não queimar os dedos), sigam fazendo o contorno, colocando a cola quente e franzindo o tecido até que a flor se forme! Pra finalizar, corte um círculo de feltro e dê um pique no até o centro, envolva a parte inferior da flor pra fazer sua base… Ficou um amor, né!!!

Agora, é só usar a criatividade para fazer as outras florzinhas…

Dá para picotar as tiras de tecido de diversas formas, acrescentar um miolinho colorido, mudar a base em feltro para a cor que mais gostarmos, o legal é misturarmos as cores mesmo, deixar tudo super alegre, com certeza nossas visitas ficarao encantadas com nosso arranjo de flores personalizado, heim?

E o resultado final é mais fofo ainda, um vasinho charmoso e pronto! Não ficou lindo?

Por Karla Keunecke

♥♥♥

Fonte e fotos via: MADE

Leia mais...
Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS