Dia das Mães


O emprego mais difícil do mundo

Trabalhar de pé, 24 por dia, sete dias por semana, sem folgas, dormindo pouco e se alimentando mal. Os pré-requisitos? Habilidades em medicina, finanças, gastronomia, educação e mais. O salário? Nada.

Parece um trabalho cruel e impossível, não é? Olha como o pessoal reagiu na entrevista para o emprego:

Trabalho Mais Difícil do Mundo – World's Toughest Job (Legendado)

O trabalho mais difícil é o nosso, e a gente vai sorrindo e acumulando recompensas que não se pode medir! À todas as mães, parabéns por serem heroínas! À todas as filhas, dêem um abraço apertado nas suas mães, elas merecem todo a espécie de pagamento que a gente possa dar por essa tarefa tão árdua, mas nada ingrata 🙂

Leia mais...

Feliz Dia das Mães para todos os tipos de mães!

Hoje é o nosso dia, dia das mães. Porque toda mulher, mesmo sem filhos, é um pouco mãe de alguém.

Seja do marido, principalmente naqueles dias de gripe, quando eles ficam choramingando e reclamando de dor pela casa. A gente leva chá, remedinho e beijinhos para que ele fique bom logo. Exatamente como aprendemos com a nossa mãe.

E dos nossos bichinhos? Não adianta disfarçar, todo mundo um dia solta um “vem com a mamãe” para o seu filhote. Eles são tão carinhosos e parecem tão pequeninhos e indefesos que o nosso instinto materno aflora. Ainda mais se os bichanos ficam doentinhos, ai que dó!

E os afilhados então? São filhos que escolheram para a gente. Na hora do batizado, a gente se compromete a assumir caso os pais faltem. Mas é muito mais do que isso. No momento em que uma grávida lhe pergunta “Você quer ser madrinha do bebê?” nasce uma mãe emprestada. A gente faz planos, compra presentes, ajuda a escolher o nome e vibra a cada movimento que ele faz na barriga da mãe. E quando nasce? Não existe nada mas doce que o sorriso dado na primeira vez que se vê o pequeno, e o olhar de agradecimento aos pais por conceder este prazer imenso que é ser chamada de “dinda”.

Tias também são mães. E com uma tarefa fundamental na vida das crianças: mimar. Casa de tia é uma delícia, tem comidinhas boas, tem os primos queridos, tem coisas novas, e tem muito amor!

então, nem se fala. É mãe ao quadrado. É tanto amor que a gente não sabe como cabe naquele coração. Quando elas estão mais velhinhas e mais frágeis, a gente se preocupa tanto com elas. E elas, sempre queridas, continuam se preocupando com a gente. “Leva um casaquinho”, “não vai pegar friagem”, “come mais um pouquinho, meu filho”. Frases de Vó que a gente não esquece e que temos certeza que iremos reproduzir quando for a nossa vez.

Dizem que um dos laços entre mãe e filho se forma na hora da amamentação, pelo cheiro que a mãe emana e que o bebê sente tão de pertinho, colado na pele. E dizem que essa troca acontece não só pela amamentação no peito, mas o ato de pegar o bebê no colo e alimentá-lo (mesmo se for pela mamadeira) perto do nosso corpo, sentindo nosso cheiro, cria um laço semelhante. Uma relação afetiva e de proteção que o bebê vai levar por toda a vida. Quem fez conhece o sentimento.

Então mães, sejam emprestadas ou não, comemorem muito o Dia das Mães.

Agradeçam a quem lhe gerou. Agradeçam àquelas que geraram seus sobrinhos e afilhados. Agradeçam à sogra por ceder o filho dela só um pouquinho. Recebam lambidas e muito carinho do seu pet. E nem por um único momento achem que o dia não é seu. Porque ele é sim, de todas as mulheres que se doam, todos os dias, para cuidar dos outros como só uma mãe é capaz de fazer.

Feliz Dia das Mães!

______

E um Feliz Dia das Mães ao cubo para a Karen! A comemoração deste ano tem tudo para ser mais especial, com a Alice na barriga, o Rafael no colo e a Quipa sempre ao lado 🙂

Foto: Juliana Moscofian

Leia mais...

{Mães} Makeup para mulheres maduras

Pensando nas nossas mães e no dia delas domingo, o Você Bonita de hoje traz dicas de maquiagem para mulheres maduras, para vocês não acharem que só as mãezinhas mais novas tem lugar aqui no Casamenteiras 😉

Todo mundo sabe que make para peles maduras não deve ser igual ao look das mais jovens, pois a textura de alguns produtos pode carregar o look. Linhas de expressão e manchas são sinais de envelhecimento e precisam de atenção redobrada. Na hora de se maquiar, é sempre bom aplicar um hidratante com proteção solar, a fim de manter sua pele protegida.

Hora de começar, passe o primer com a ajuda de um pincel de base. Além de ajudar a fixar a maquiagem, ele é ótimo para eliminar as linhas finas. Prefira bases cremosas e líquidas, elas iluminam mais a pele dando um aspecto saudável. Quanto ao pó, aplique somente em áreas de oleosidade para que ele não acumule nas linhas de expressão, carregando o visual.


Para os olhos, prefira sombras opacas, o brilho acaba chamando muita atenção para as áreas marcadas. O marrom é uma ótima pedida para você que é discreta, e é um coringa em termos de make up, em todas as idades. Mas se você é uma mulher à frente do seu tempo, explore as cores mais claras, como coral, ocre e lilás.


Com o tempo, algumas linhas finas se formam em volta do lábio, o que permite que o batom escorra. Por isso escolha batons matte, que são opacos. Eles são mais consistentes e tem uma ótima fixação. Uma dica importante é usar o lápis de boca na mesma tonalidade do batom para recriar o contorno natural.


O blush é super bem vindo, ele ajuda a dar aquele up no visual e um ar de saúde. Opte por tons quentes e por acabamentos opacos. Lembre-se de aproveitar a estrutura do seu rosto, assim a maquiagem fica mais natural.


A gente quer ver todas as mães leitoras do Casamenteiras lindas no domingo, hein?

Fonte:
Pinterest

Leia mais...

Receita para a mamãe: Risoto de Gorgonzola e Pão de Ló de sobremesa

Uma das melhores coisas da relação mãe e filha é poder trocar coisas. Experiências, confidências, medos, reflexões….além de roupas, sapatos e receitas, é claro!

Por isso a gente reuniu duas receitas especiais que demonstram essa troca de uma forma bem simbólica. Para inspirar vocês nesse Dia das Mães, seja homenageando a sua ou comemorando com os filhotes. As duas são especialidades da Equipe Casamenteiras e têm uma relação linda com as nossas mamães.

O primeiro prato que eu cozinhei para a minha mãe foi esse Risoto de Gorgonzola. Foi só quando eu me mudei e deixei a casa dos meus pais que tomei coragem de fazer uma comidinha para a melhor cozinheira do (meu) mundo! Na primeira noite fora de casa, minha família foi jantar comigo e eu fiz o Risoto de Gorgonzola que já era famoso entre meus amigos. Foi um sucesso! Marcou esse momento da saída de casa, quase um ritual para a vida adulta. E parece que todo mundo gostou (ao menos ninguém reclamou!). O mais legal foi a minha mãe ter pedido a receita, me senti “gente grande”, trocando receitas com a mamis!

Confere então o passo-a-passo desse Risoto Gorgonzola tão especial:

  • 3 xícaras de arroz arbóreo
  • 1 pedaço de queijo gorgonzola (compra-se o pedaço já cortado no supermercado. Tem cerca de 200g)
  • 1 cebola pequena picada
  • 1 cálice de vinho branco seco
  • 2 l de caldo de legumes
  • 1 colher de sopa de manteiga
  • Azeite
  • Sal e pimenta a gosto

Os ingredientes são suficientes para servir até quatro pessoas.

  • Primeiro prepare o caldo de legumes (Pode ser daqueles pronto, ou você pode aproveitar a receita de caldo caseiro que a gente ensinou aqui!)
  • Refogue a cebola e frite um pouco o arroz.
  • Despeje a taça de vinho branco em cima do arroz. Quando você sentir o aroma do vinho subindo, pode começar a colocar o caldo de legumes, começando com duas conchas do líquido. Mexa sempre!
  • Vá regando o arroz com o caldo de legumes, sempre em conchas. Quando achar que está secando, coloque mais um pouco, e continue mexendo.
  • Tem receitas que indicam colocar o gorgonzola logo depois das primeiras duas conchas de caldo de legumes. Eu coloco mais na metade do processo (por medo de deixar o queijo pegar na panela!) De qualquer maneira, coloque o gorgonzola picado, vai ajudar na hora de mexer. Depois prove o sal, se ainda estiver insosso, mesmo depois do queijo, reforce o sabor com um pouco de sal e pimenta.
  • Esse processo de colocar o caldo de legumes e mexer não pode ultrapassar 20 minutos. Quando achar que o arroz já está macio, vá provando para se certificar do ponto. O ideal é que ele esteja com o meio macio, sem ficar grudento por fora.
  • Quando chegar no ponto, desligue o fogo e coloque a manteiga. Misture bem. A manteiga vai dar brilho e garantir o ponto do risoto para uma boa apresentação na hora de servir.
  • Deixe descansar 3 minutos antes de servir. Isso se a fome deixar!

Minha mãe sempre foi uma boleira de mão cheia, lembro que em um dos meus aniversários, quando ainda era pequeno, ela montou um trenzinho de biscoitos e palitinhos de chocolate em cima do bolo. Eu achava tudo isso incrível e vivia ajudando ela na hora de cozinhar, a receita de pão de ló foi a primeira receita que eu aprendi a fazer na minha vida e hoje em dia quem faz a massa, para os eventos de família, sou eu.

Ingredientes:

  • 5 ovos
  • 2 xícaras de açúcar
  • 3 xícaras de farinha de trigo
  • 2 xícaras de água
  • 1 colher de fermento em pó

Passo-a-passo:

  • Separe as claras das gemas.
  • Bata as claras até o ponto de neve.
  • Adicione o açúcar aos poucos.
  • Coloque a gema e bata até a massa ficar com a mesma coloração.
  • Agora é a hora da farinha, cuidado pois se você colocar tudo de uma vez, além da massa ficar empelotada, sua cozinha vai ficar toda branca!
  • Despeje a água aos poucos até a massa ficar homogênea
  • Adicione o fermento em pó
  • Unte uma forma grande, despeje a massa e coloque no forno por 30 ou 40 minutos.

PS: Pré-aqueça o forno e mantenha aquecido em 180°.

Gostou dessas receitas recheadas de boas lembranças? Então aproveita esse espírito e faça um banquete de dia das mães!

Foto: Blog ladysbrainsurgery

Leia mais...
FacebookTwitterInstagramPinterestRSSFacebookTwitterInstagramPinterestRSS