enxoval


{Montando o enxoval} Como escolher um bom lençol

Uma das fases mais deliciosas dos preparativos do casamento é a hora de montar o enxoval!  São tantos itens lindos, lençóis de sei lá quantos fios, algodão egípcio,  percal, jacquard, piquê, matelassê… hummm, uma maravilha de enlouquecer qualquer noivinha!!  Eu adoro uma cama de revista, bem arrumada, como tudo cheirosinho, cheia de travesseiros e itens coordenados!

A roupa de cama ajuda a decorar o quarto, por isso deve ser bonita e estar em harmonia com todo o ambiente e estilo de decoração escolhido. Pra que vocês não se percam com tantas opções, seguem algumas dicas que vão ajudar a escolherem seus lindos lençóis e dormirem bem tranquilas!

Em primeiro lugar, temos que ter em mente que os lençóis devem durar anos e anos! Por isso que eu acho importante investirmos em materiais de qualidade. É lógico que tem lençol pra todos os gostos e bolsos, mas uma coisa que faz a diferença é o material da nossa roupa de cama.

Material

Quando falamos de material trata-se da maior parte da composição do tecido. Um bom lençol, por exemplo, deve ser 100% algodão. O algodão egípcio e o Pima Cotton são os materiais de melhor qualidade neste caso. O que isso significa?  Um lençol macio, que não forma bolinhas e dura muito. Tudo o que

algodão egípcio é sem dúvida a fibra mais resistente e macia que existe. Durável e luxuosa é normalmente oferecida pelas marcas mais caras. Este tipo de algodão, de fibras longas, é cultivado somente no Egito, graças ao clima ideal para a planta.

Já o Pima Cotton também é uma fibra têxtil de ótimo comprimento e pode ser encontrado em qualquer parte do mundo.

Qualquer um dos dois materiais são fibras excelentes, usadas nos melhores lençóis e proporcionam maior conforto, durabilidade e capacidade de absorção.

Número de fios

Há anos escutamos que “lençol bom é de infinitos fios”, mas o que isso significa?  Quanto mais fios, mais macia é a roupa de cama. Além disso, quando falamos que  um lençol tem, por exemplo, 200 fios, significa que é a quantidade de tramas dento de cada polegada do tecido.

Uma dica: os lençóis mais fofinhos e macios têm no mínimo 200 fios por polegada!

Formas de confecção:

Os lençóis especiais podem ser confeccionados de várias maneiras. As mais conhecidas são: percal, acetinado, adamascado e jacquard.

Percal: Com uma trama plana e simples, é bem durável. É muito usado nos lençóis com bordados ou com desenhos.

Acetinado: Os fios flutuam na superfície do tecido. Os acetinados são sempre confeccionados com o nobre algodão egípcio, tem uma textura muito macia, são encorpados e luxuosos.

Adamascados e Jacquard: A trama do Jacquard é feita em um tear especial. O tear de jacquard foi inventado no século XVI, permitindo que o desenho fosse incorporado ao tecido e não impresso. Hoje, máquinas especiais computadorizadas geram belas tramas e desenhos.

O adamascado é um tipo de jacquard muito bonito. É aquele que forma desenhos ou listras em tom sobre tom.

Os tamanhos de acordo com as medidas da cama:

Uma cama gigante e espaçosa precisa de um lençol que sirva perfeitamente. Por isso, atenção aos tamanhos para não passar sufoco.

– 1,40m- Lençol tamanho Standard

– 1,60m- Lençol tamanho Queen Size

– 1,80m- Lençol tamanho King Size

– 2,00m- Lençol tamanho Super King Size

Escolhendo cores ou estampas

Isso vai depender do gosto e dos demais itens de decoração do quarto. Pra quem tem um quarto mais monocromático, pode variar bastante as estampas e formar vários conjuntos coordenados, bem no estilo mix & match. Já pra quem tem um décor mais colorido, é melhor optar por padronagens lisas, neutras ou sobrepostas.

Kit completo

Pra deixar a cama com aquela cara de revista, abuse do kit completo, todo combinado, que pode incluir:

  • Saia para o colchão
  • Jogo de lençol com a peça de baixo e a de cima (essa normalmente tem aquela borda do lado avesso pra virar por cima de tudo)
  • Fronhas
  • Capas de travesseiro e de almofadas
  • Cobre-leito (tipo um edredom mais fininho) ou colcha
  • Edredon

Arrumando a cama

Pra deixar a cama bem arrumada e bonita, estique bem o lençol de baixo (eu adoro aqueles com elástico que fica bem presinho), estenda o de cima (deixando de fora aquela parte que vira) , o cobre-leito e depois dobre  parte do lençol que vira por cima. Coloque as fronhas nos travesseiros e ponha um sobre o outro ou deixe que eles fiquem recostados na cabeceira.

Enxoval básico de cama

Um enxoval de cama deve incluir:

  • 04 Jogos de lençóis para o dia-a-dia (fibras naturais como algodão).
  • 02 Jogos de lençóis bordados (para ocasiões especiais).
  • 02 Jogos de lençóis para visitas.
  • 02 Colchas de piquet ou crochê.
  • 02 Edredons.
  • 02 Cobertores.
  • 01 Protetor de colchão.
  • 04 Travesseiros.
  • 02 Travesseiros para visitas.
  • 04 Fronhas avulsas.

1. M Martan – Jogo de lençol Queen size 4pçs em percal 200 fios 100%algodão . Lençol de baixo com elástico, lençol de cima e 2 fronhas.

2. AltemburgJogo de lençol Queen Size. Tecido Jacquard 1000 fios 100% algodão. Lençol Superior com barra dupla de 10cm na parte superior. Lençol Inferior com elástico. Fronhas 66 x 86cm. Para travesseiro de 50 x 70cm. Com 4 barras de 8cm cada.

3. Trussardi – Mix e Match Chantilly  – Tecido em 100% algodão e percal 200 fios. Disponível em Jogo de lençol e Colcha, nos tamanhos  Solteiro, Casal e Queen Size. À venda nas lojas Varal de Porto Alegre.

4. Artelassê – Kit Coordenado 300 fios, que você monta como quiser. São colchas, jogo de lençol, capa de almofada, etc. À venda nas melhores lojas de enxoval. Para checar onde encontrar na sua cidade, clique aqui.

5. Nuit d’Hiver – Colcha Bouti Náutica 100%  algodão. Disponível nos tamanhos solteiro, casal, Queen Size e Siper King. À venda no Mundo do Enxoval.

6. M Martan – Manta em Microfibra Classics Rosa – 100% poliéster, tecido especial importado que proporcionam toque especial de veludo. Tamanho: 1,60M X 2,20M.

Preços sob consulta.

♥♥♥

Fotos: divulgação marcas citadas e Pottery Barn .

 

Leia mais...

O fim triste da babá eletrônica

Olá pessoal, tudo jóia?

Eu tive a oportunidade de fazer o enxoval dos pequenos nos Estados Unidos, bons tempos que o dólar custava 2 reais e pouco… Lá nós compramos uma infinidade de coisas para os pequenos, algumas muito úteis, outras nem tanto, mas no final das contas até que acertamos bastante considerando que somos pais de primeira viagem. Fiz uma lista do enxoval essencial aqui, super útil para os marinheiros de primeira viagem.

Um item que compramos e recomendo muito foi a babá eletrônica com câmera. Nós optamos pela Motorola que tinha a opção de usar duas câmeras simultaneamente, para pais de gêmeos é o ideal. Confesso que acabamos usando uma câmera só, eu colocava ela em uma posição que dava para ver os dois e aproximava com o zoom se quisesse ver mais detalhes.

A babá eletrônica com câmera é um desses adventos da modernidade que eu agradeço o papai do céu todos os dias! Além de ouvir até a respiração dos pequenos, ela evita que a gente entre no quarto sem necessidade.

As vezes o bebê resmunga, dá até uma micro chorada, tosse, mas logo em seguida se ajeita e volta a dormir. Se nesse meio tempo você ou alguém entrar no quarto para ver o que aconteceu, pode esquecer seus poucos momentos de sono ou sossego, o bebê acorda e já era!

São incontáveis as vezes que eu acordei por causa de um chorinho e fiquei olhando pela babá eletrônica até ter certeza que eu precisava mesmo levantar da cama, realmente é uma ferramenta muito útil para quem tem um bebê em casa.

Outra coisa que esse modelo mostra e que é útil demais é a temperatura dentro do quarto. Com essa informação fica muito mais fácil de encarar o dilema diário de que roupa eu coloco para o bebê dormir! Você com certeza já se pegou nessa situação, e saber a temperatura certinha de dentro do quarto é uma mão na roda!

Babá eletrônica

Não vou também só elogiar não, só quem dorme com a babá eletrônica na cabeceira da cama sabe como é. Você acorda com cada barulhinho, tosse, quando o bebê está com sono agitado, se mexendo muito. Pode ser bem incômodo. Fora que para quem tem necessidade de dormir no escuro tem as luzinhas que incomodam também. Mas na minha opinião as vantagens superam de longe as desvantagens.

Nina e João estão com 2 anos e 2 meses, já estão na caminha e não mais no berço (contei tudo sobre essa transição aqui!), e estão indo muito bem no quesito sono. De vez em nunca alguém acorda e vem nos procurar no nosso quarto, e normalmente é quando estão doentinhos, tossindo ou muito incomodados com nariz entupido e essas coisinhas chatas.

Teoricamente a babá eletrônica estava se tornando menos útil, mas eu estava em um baita conflito para reaprender a viver sem ela. Querendo ou não, ela vira uma espécie de “bengala”, eu pelo menos dormia muito bem com ela ao meu lado, eu confiava que sempre iria saber se eles estivessem precisando de mim.

Já estava pensando em qual seria o melhor momento para terminar a nossa relação (eu e a babá eletrônica) e ela me abandonou! Sim, simplesmente parou de carregar, e mesmo quando eu conseguia fazer ela carregar um pouco ela não liga!

Faz mais ou menos duas semanas que estamos sem a babá, no começo foi difícil não poder espiar eles no quarto, e ser obrigada a usar muito mais o meu sexto sentido para saber se preciso correr para o quarto ou não. Claro que o fato de eles estarem na cama já facilita, pois quando precisam, eles mesmos já vem nos procurar, mas acho que mãe tem essa necessidade de ver o que está acontecendo, sei lá, sinto falta.

Ainda estou em fase de abstinência, mas decidi que não vou mandar a babá para o concerto, realmente a necessidade já passou, agora seria mais um conforto do que qualquer outra coisa. Foi até bom que o relacionamento terminou assim, se ela (a babá) não terminasse de forma tão abrupta e definitiva, talvez eu ficaria protelando até sabe Deus onde com essa “bengala”.

Foi bom enquanto durou, mas está tudo acabado entre nós. Adeus babá eletrônica, obrigada por tudo!

Beijos,

Kaká

Leia mais...

Do que um bebê realmente precisa?

Olá Casamenteiras, tudo bem?

Quando grávidas a maioria das mulheres experimenta a síndrome do ninho. Que nada mais é do que uma vontade absurda de limpar, arrumar, adequar e organizar a casa. A maioria das mulheres sente essa vontade incontrolável pouco antes do parto, eu tive isso desde o comecinho da gestação.

Minha casa era zero “baby friendly”, era uma casa de casal-recém-casado-que-ama-receber. E logo me bateu a vontade de mudar tudo!

Ninho

Fora isso tem o quarto do bebê, que dá para gastar uma pequena fortuna se você tiver disponibilidade. Eu não precisava de nada chique não, eu queria um lugar alegre, aconchegante e unissex. (Tive um casal de gêmeos, tinha que ser unissex)

Quero aqui passar um pouco da minha experiência sobre as necessidades de um bebê nos primeiros meses e quem sabe tranquilizar uma grávida desesperada.

Lembrei de escrever sobre isso, pois um item que deu “pau” foi o berço. Eu mandei fazer um berço duplo, com bi-cama e uma gaveta. Mas olha, eu acho que nem pedreiro dá tanto problema quanto marceneiro! (Aliás, se alguém conhecer um marceneiro ponta firme em São Paulo e que honre seus prazos, favor deixar os contatos nos comentários!) Eu mandei uma descrição super detalhada do que eu queria, e uma das teclas que eu mais bati era que não podiam haver quinas. Todos os lados deveriam ser arredondados.

O marceneiro fez o berço, atrasou mais de um mês na entrega e entregou o móvel cheio de quinas. Que nervoso que eu passei! Já estava grávida de sete meses e pouco, de gêmeos, ou seja, tudo podia acontecer e o marceneiro me dá uma dessa?

Pedimos para arrumar e lá se vão mais uns vários dias até esse berço chegar. Meu marido me proibiu de me envolver no caso porque eu realmente estava ficando muito nervosa, e isso não era bom nem para mim e nem para os bebês. Resumindo, tivemos que contratar outro marceneiro para fazer o berço e recebemos o móvel antes dos bebês nascerem. Ufa!

Mas, honestamente? Todo esse estresse foi em vão! Repito, em vão! Eles dormiram os três primeiros meses no carrinho! Se coloquei eles no berço cinco vezes nos primeiros meses foi muito! E por isso resolvi fazer esse texto, para que você, grávida (semi-neurótica) como eu fui, saiba exatamente o que você precisa ter na sua casa para receber seu pequeno!

Vamos a uma listinha para facilitar:

  • Roupas RN já limpinhas
  • Fraldas RN e P
  • Paninhos e fraldinhas de boca já limpos
  • Pomada para prevenir assaduras
  • Kit higiene (Garrafa térmica, algodão, pote para algodão e pote para água)
  • Um cantinho gostoso para amamentar o seu bebê
  • Um lugar reservado para trocas de fralda e roupas
  • Mamadeira para emergência (tudo pode acontecer e é melhor ter em casa do que sair correndo para buscar)
  • Escova para lavar mamadeira
  • Chupetas (caso decida oferecer)
  • Esterilizador de chupetas e mamadeiras (os de microondas são mega práticos)
  • Toalhas de banho
  • Lençóis de berço
  • Mantas (leve e pesada)
  • Sabonete da cabeça aos pés
  • Banheira
  • Farmacinha (converse com o pediatra sobre o que ter em casa)
  • Termômetro
  • Cortador de unha e lixas de unha
  • Carrinho de passeio e bebê conforto para automóvel
  • Álcool gel para todos que entrarem em casa

Ítens mais caros que facilitam, mas são contornáveis.

  • Inalador Ultrassônico (silencioso e super útil! Durante os primeiros anos será seu companheiro em cada resfriado…)
  • Babá eletrônica com câmera (super hiper útil, principalmente para evitar as idas desnecessárias ao quarto do bebê)
  • Aquecedor a óleo (único tipo de aquecedor que não resseca o ar, excelente)
  • Cadeirinha de atividades (a maioria dos bebês adora e te deixa livre por alguns minutos para ir ao banheiro ou comer alguma coisa)

Essa listinha foi feita com apenas o essencial, coisas que serão utilizadas mesmo! Tem mais um milhão de outros produtos nesse mercado sem fim que você pode comprar, mas com essa listinha nada vai te faltar. E não se preocupe, se faltar não será nada essencial, vai dar para esperar e comprar quando puder.

Grávida

Bebês recém-nascidos não precisam de muito, quando você sentir que precisa desesperadamente de um móbile de berço que pisca, toca música, treme e dá cambalhotas, lembre-se que as fases passam voando, e que seu filho pode até se encantar pelo móbile, mas em 15 dias já irá se interessar por outras mil coisas e será um dinheiro jogado fora praticamente.

Vocês devem ter reparado que não incluí brinquedos na lista, foi proposital, nesses primeiros meses um chocalho caseiro (aquele com arroz ou feijão crus dentro de uma garrafinha de plástico) e um espelho são os melhores brinquedos do mundo! E tudo que o seu bebê quer é ouvir a sua voz, se sentir amado, confortável e feliz. E isso, vamos combinar que não custa nada!

Se alguém sentir falta de algum item muito importante, por favor, deixem nos comentários que eu edito o post!

Espero ter ajudado as gravidinhas!

Um beijo,

Kaká

 

Leia mais...

Sapatos para bebês

Ai ai, tem coisa mais fofa que sapato de bebê? Aqueles mini pezinhos, em sapatinhos lindos!

Nós mamães, quando estamos fazendo enxoval, normalmente enlouquecemos com esse item tão gracinha e (vamos falar a verdade) que usamos tão pouco! Sim! Infelizmente nos primeiros meses de vida o tão fofo sapatinho é um dos ítens que menos usamos. Como eu perdi sapatinhos sem usar! Uma loucura! Fora o tanto que ganhamos de amigos e familiares.

Eu morria de dó de colocar sapato neles pequenininhos, parece que incomoda, e não tem a menor necessidade né? Existem meias com estampa de sapatos, tênis, sapatilhas e até botas de tecido quentinho para o inverno, uma mais fofa que a outra, para mim foi a solução. Ficavam arrumadinhos e confortáveis. Existem também sapatinhos para recém nascidos de couro tão macios que parecem meias (Tip Toey Joey tem!), acho válido ter um par de sapatos arrumadinho para uma festa ou ocasião especial e só. Usamos para valer mesmo quando começam os primeiros passos.

Continue lendo »

Leia mais...
FacebookTwitterInstagramPinterestRSSFacebookTwitterInstagramPinterestRSS