finger food


Tipo de serviço na recepção, já optou pelo seu? | Casamentando com Pri Vicente

Muitos são os prós e contras que envolvem o tipo de serviço na recepção de um casamento. Mas neste post vou ser imparcial e somente elencar quais são, na minha opinião, os principais pontos negativos e positivos de cada um.

 

Coquetel um caso a parte

Vou falar separadamente da parte que chamamos de coquetel, pois independente do tipo de serviço escolhido para o jantar, o coquetel (entradas e canapés que antecedem o jantar) pode seguir outro padrão e ser servido de várias maneiras.

Pode ser volante (passado em bandejas) pode ser em ponto de buffet (se atente que alguns itens não funcionam em ponto de buffet: endurecem, ressecam, murcham, esfriam) ou até mesmo fazer um mix dos dois serviços, quem melhor poderá te indicar o que funciona nesse momento será o buffet contratado, eles tem expertise e sabem o que funciona e como funciona!

Quando se opta pelo coquetel inteiro volante, até a salada pode ser passada na mesa mesmo que o restante do jantar seja servido em ilhas de buffet.

Existem vários tipos de serviço, mas são 3 os principais formatos que encontramos para eventos sociais. Acho que aqui vale falar um pouquinho sobre cada um deles também, pois não são todas as pessoas (na verdade acredito que a minoria) que são familiarizadas com as terminologias do mundo da gastronomia. Então, vamos la:

 

1 – Serviço Franco Americano – (mais conhecido como Buffet)

As opções do jantar ficam dispostas em uma ilha fixa, onde a pessoa deve se dirigir até o local e se servir. O ideal é ter uma ilha montada para cada 100 convidados. Se ultrapassar esse número exija 2 ilhas e assim por diante.

Prós:

  • Esse é um serviço um pouco mais rápido, sua pista de dança estará pronta para iniciar mais cedo;
  • As pessoas têm liberdade de escolher o que, quanto e quando comer;
  • As pessoas têm liberdade de repetir o que quiserem e quando quiserem;
  • Você garante alimentação disponível para os convidados até quase o final da festa;
  • As pessoas não necessariamente comem ao mesmo tempo, isso garante mais espaço na mesa (que geralmente é apertada em casamentos).

Contras:

  • Os convidados devem se deslocar até o ponto onde a comida está sendo servida;
  • Podem ter que enfrentar uma pequena fila, mas podem optar por ficar sentados nas mesas enquanto aguardam também;
  • Você pode perder um espaço que podia ser disponível para mesas, isso pode se tornar um fator negativo se você estiver com a lotação máxima do espaço locado;
  • Comida pode esfriar, a carne ressecar, a massa e o risoto passarem do ponto. Mas pode ficar tranquila que não é comum isso acontecer se você contratou um buffet de boa qualidade!

Obs: Se o seu buffet oferece sousplat de porcelana somente, nesse tipo de serviço é melhor deixar o mise en place (montagem da mesa) sem o sousplat. Pode parecer engraçado, mas quando o sousplat é de porcelana branca, alguns convidados confundem com o prato e vão com ele para a fila do buffet…

 

2 – Serviço empratado

Alguns chamam de Francesa, outros de Inglesa, mas na verdade nem um nem outro segue exatamente esse formato. No serviço empratado, os pratos já saem montados da cozinha na ordem em que devem ser consumidos.

O ideal nesse serviço é ter 1 garçom para cada 10 convidados e o serviço ser em formato arrastão (apesar do nome estranho, ao meu ver é o formato que melhor funciona).

Os garçons saem todos da cozinhas com os pratos servindo consecutivamente cada mesa da primeira até a última, e a retirada dos pratos se inicia pela mesma ordem, o maitre comanda o ballet entre as mesas como um maestro.

Prós

  • Garante a maior interação entre os convidados, já que os mesmos devem ficar sentados a mesa para serem servidos, isso vai lhes proporcionar momentos agradáveis de bate papo;
  • O sabor da comida geralmente é mais “fresco”, pois ele é finalizado e imediatamente servido;
  • Não tem fila e garante mais espaço no salão, já que as mesas do buffet não serão utilizadas.

Contras

  • É um serviço bem moroso, isso pode cansar ou até mesmo desanimar um pouco os convidados;
  • Os convidado não tem a opção de se servir do que quiserem e nem da quantidade de cada item;
  • Pode ser um problema para alérgicos a algum tipo de alimento;
  • É limitador para as pessoas que querem repetir alguma coisa.

Obs: Para este tipo de serviço, vale pensar na possibilidade de investir em um lanchinho da madrugada, afinal o serviço de jantar se encerra antes da abertura de pista, também vale pensar em deixar a sobremesa em buffet, já que não são todos os convidados que gostam de comer a sobremesa assim que acaba o jantar e acaba não deixando o serviço tão moroso.

 

3 – Menu Degustação – Volante

Esse é um serviço que chegou para suprir uma necessidade de noivos que queriam menos formalidade, criar mais ambientes estilo lounge com menos mesas e cadeiras, geralmente com muitos convidados jovens. O intuito aqui é que a festa seja mais dançante, desde o início, com pessoas de pé e circulando pelo salão, pista e bar!

Prós

  • Permite que o convidado coma confortavelmente em pé;
  • É o serviço mais rápido dos 3, a sua pista de dança pode e deve começar mais cedo;
  • Ideal para festa com muitos jovens.

Contras

  • Pessoas com mais idade sofrem um pouco com esse tipo de serviço;
  • As porções, apesar de na maioria das vezes serem servidas por um longo período, são pequenas;
  • É visto por muitos como “eles não tiveram dinheiro para investir em um jantar”, o que não é verdade já que pouco se economiza nesse tipo de serviço;
  • Garanta que a recolha de louças pelo salão seja muito bem feita, se não pode dar uma impressão desagradável na festa.

 

O melhor estilo sempre será o seu!

Bom, acredito que esses são os principais pontos para pesar e conseguir definir qual o tipo de serviço que melhor atende o seu evento!

São muitas variáveis para poder optar com mais precisão qual desses estilos atenderiam melhor a expectativa do casal, por isso como disse no começo, sou completamente imparcial em relação a isso, afinal acredito que o melhor serviço depende muito do formato de cada festa, por isso tente pensar, avaliar e repassar os prós e contras para definir qual melhor se encaixa no seu grande dia!

 

Por:
Priscila Vicente
Produtora e organizadora de eventos.

 


Dicas excelentes, que vão direto ao ponto para ajudar a escolher a melhor forma de receber os seus convidados!

Qual escolheu para o seu casamento? Conta pra gente nos comentários! 😉

Um beijo,
Catita

Leia mais...

Ideias para servir – Finger Food e Mini Porções

Quando começamos a organizar uma festinha, não importa a ocasião, sempre surgem dúvidas sobre o que servir aos convidados. Em um Chá não é diferente, e até por ser um evento mais descontraído, a gente fica imaginando como servir comidinhas criativas, que fujam do comum mesmo!

Finger Food – comida de uma “bocada” só ou de comer “com os dedos” – vem se tornando cada vez mais comum pela facilidade em servir, pois dispensa o uso de talheres mais complexos, e também porque esteticamente acaba ficando mais bonito à mesa!

As receitas de Finger Food variam muito, e dependem mais de criatividade do que de segredinhos culinários. A dica é separar ingredientes que você ama e que fazem uma boa combinação e a partir disso ir montando pequenas e lindas delícias! Sim, porque além do sabor tem que agradar aos olhos, né!

Algumas combinações interessantes: Frutas com queijo especiais, tomate cereja ou tomate uva com mussarela de búfala e manjericão, tomates cereja recheados com cream cheese, torradinhas ou pães especiais com pastinhas, damascos, geleias exóticas, copa, fatias de lombo ou de bacon.

Algumas  dessas opções podem ser servidas em palitinhos charmosos como esses que a Karen nos ensinou a fazer!

Além do Finger Food, ainda temos as Mini Porções, que podem ser pratos bem conhecidos da nossa culinária, como risotos, caldos, saladinhas, escondidinhos, cremes ou o que vocês imaginarem. Essas comidinhas podem ser servidas em Petit Louças, ramequins, mini molheiras ou mini caçarolas… Todas essas louças em miniatura que são de uma delicadeza e um charme que ninguém resiste, dão um toque incrível na mesa e faz todos ficarem encantados!

Alguns Finger Foods e Mini Porções para vocês se inspirarem:

A grande vantagem desse tipo de cardápio em um Chá sem dúvida é poder agradar o paladar de mais convidados, pois a variedade é bem maior do que se fôssemos servir de forma tradicional, né!

Seja um brunch, um chá da tarde ou mesmo um almoço, esse conceito de pequenas porções sempre funciona bem! E as pessoas podem continuar interagindo e se divertindo na sua festa enquanto se deliciam!

Sobre as Petit Louças, são realmente peças muito charmosas, miniaturas perfeitas inclusive de grandes marcas de cerâmicas e porcelanas. O bom é que já não são tão difíceis de serem encontradas, vi uma boa variedade delas no Hipermercado Bourbon daqui de Porto Alegre e em algumas lojas de bazar também.

E então, meninas? Agora é só começar a criar… muitas ideias por aí?

 

Fotos: Pinterest, CasaAmbiente, Germer PorcelanasAlimport

 

Leia mais...
FacebookTwitterInstagramPinterestRSSFacebookTwitterInstagramPinterestRSS