França


Casando em um castelo na França

Era uma vez uma linda menina chamada Rebeca que teve um casamento de contos de fada! A Rebeca e o Yoann moram na França e resolveram fazer sua festa por lá. Só em casar na França já seria incrível, mas eles fizeram melhor: casaram em um castelo!

BP_MAHEO_DANTAS-16

BP_MAHEO_DANTAS-29

A cerimônia e a festa aconteceram no Castelo de Blet, uma construção do século XV no departamento de Cher, no centro da França. A região foi escolhida por ser a terra natal do noivo, que fofo! E apesar da ideia do cenário ser encantadora, a noiva encontrou muitas dificuldades. Seja pelo fato de por lá não se ter tanta opções no quesito decoração ou pela dificuldade de se encontrar doces tipicamente brasileiros como ela queria.

Mas brasileiro que é brasileiro dá um jeito e não desiste nunca. Pois parece que a Rebeca seguiu esse conceito direitinho e conseguiu um casamento romântico e perfeito. Teve a informalidade brasileira, mas também teve o requinte francês. A simplicidade do nosso país, mas também o luxo digno da corte francesa. Tudo na medida certa e no tom ideal.

BP_MAHEO_DANTAS-1

BP_MAHEO_DANTAS-2

BP_MAHEO_DANTAS-3

casamento-no-castelo-01

BP_MAHEO_DANTAS-7

casamento-no-castelo-02

BP_MAHEO_DANTAS-9

BP_MAHEO_DANTAS-10

BP_MAHEO_DANTAS-11

casamento-no-castelo-05
BP_MAHEO_DANTAS-18

casamento-no-castelo-04

BP_MAHEO_DANTAS-21

casamento-no-castelo-03

BP_MAHEO_DANTAS-22

BP_MAHEO_DANTAS-23

A noiva queria participar de todos os detalhes, por isso optou por não ter um wedding planner, o que deixou tudo ainda mais intimista. Mas que também lhe deu muito mais trabalho. Até a papelaria do casamento foi ela que fez, nossa quanta coisa! Os doces e adereços da festa vieram do Brasil e ela conseguiu a mesa de doces perfeita, do jeito que ela tinha imaginado e como ela conta aqui:

Quem me salvou, foi a Lucélia Scheffer, uma confeiteira brasileira em Paris que fez todos os docinhos dando um toque bem brasileiro ao nosso casamento. Os docinhos foram à moda antiga mesmo, do velho e bom brigadeiro granulado ao camaféu. Só assim pra matar as saudades das origens…

BP_MAHEO_DANTAS-31

casamento-no-castelo-06

BP_MAHEO_DANTAS-32

BP_MAHEO_DANTAS-36

Na França, é costume casar no civil no mesmo dia da festa. Eles fizeram isso, e depois celebraram uma cerimônia simbólica. o ritual das velas. A Rebeca conta melhor:

Pra nossa cerimônia, escolhemos o ritual das velas, que é um ritual comum por aqui em cerimônias não religiosas. Fizemos algumas adaptações ao ritual pra dar mais significado, de forma que cada vela representasse um voto simbólico para o casal : a vela azul representando a família, a vela amarela representando a amizade e a vermelha representando o amor. Cada vela foi acesa por um convidado apos fazer um discurso ligado à um dos temas citados. Foi lindo e emocionante!

Rebeca, a gente amou o seu casamento! Deu até para voltar a acreditar em contos de fadas!!

Fotos: Becker Photos Mariage

Leia mais...

{Sessão de fotos} La vie en rose

Uh-la-la! Essa sessão de fotos é de tirar o fôlego! Com inspiração em Paris, o noivo e a noiva entraram no clima (mesmo sem estarem na cidade luz) e registraram todo o seu amor com um romântico toque francês.

As referências à Paris estão na papelaria (nos cards em francês e nos cartões-postais de agradecimento), na locação escolhida, nos portões dourados como em Les Tuileries, na adorável scooter azul, a mesa para dois, nos macarons e na delicadeza e elegância de toda a decor. Ah, e não podemos esquecer da noiva, é claro! Esse tom de ruivo não é bem francesinho? E olha que ela é californiana!

fotos-casamento-paris-1

fotos-casamento-paris-2

fotos-casamento-paris-3

fotos-casamento-paris-4

fotos-casamento-paris-5

fotos-casamento-paris-6

fotos-casamento-paris-7

fotos-casamento-paris-8

fotos-casamento-paris-9

fotos-casamento-paris-10

fotos-casamento-paris-11

Não ficou lindo? A referência é muito clara sem ser clichê, ficou perfeito!

Fotos: Style Me Pretty

Leia mais...

Chá no Mercado das Pulgas

Olha que encantador esse chá de panela, todo em tons de azul. O tema aqui foi “Mercado das Pulgas”, sabe aquelas feiras de objetos usados? É muito popular principalmente na França, onde se faz até hoje! Essa noivinha adora um achado dessas feirinhas e resolveu fazer seu chá com essa inspiração.

cha-mercado-pulgas-azul-01

As hortências ficaram perfeitas na decor! Elas têm um quê de antiguinho que fica adorável! Outro detalhe fofo da decor são os botões azuis, uma graça! Olha só:

cha-mercado-pulgas-azul-13
cha-mercado-pulgas-azul-14

cha-mercado-pulgas-azul-02

cha-mercado-pulgas-azul-03

cha-mercado-pulgas-azul-04

cha-mercado-pulgas-azul-05

cha-mercado-pulgas-azul-06

cha-mercado-pulgas-azul-07

cha-mercado-pulgas-azul-08

cha-mercado-pulgas-azul-09

cha-mercado-pulgas-azul-10

cha-mercado-pulgas-azul-11

cha-mercado-pulgas-azul-12

 

 

cha-mercado-pulgas-azul-15

cha-mercado-pulgas-azul-16

Fotos: Style Me Pretty

Leia mais...

Dijon e seus encantos medievais

Dijon tem muito mais a oferecer do que apenas a sua mostarda. A especiaria é famosa, e deliciosa, mas a pequena cidade medieval ainda tem outras atrações e muitas delas você pode fazer em apenas um dia! Dijon fica na Côte-d´Or, região da Borgonha, a 315 km de Paris ou apenas 1h30 de trem! Dá para ir e voltar de Paris no mesmo dia, pegando o TGV na Gare Lyon.

dijon-restaurant

A estação de trem de Dijon fica no centro da cidade, você pode ir caminhando até os principais restaurantes, hoteis e centros de compras (como a Galeries Lafayette, a H&M, e outras).

Aliás, andar a pé é a melhor coisa que você tem a fazer. A cidade é encantadora, cheia de ruas estreitas, típicas da idade média, placas e prédios antigos, telhados maravilhosos…é para caminhar sem rumo e absorver o ar de Dijon.

dijon-telhados

{Os telhados coloridos são típicos da Borgonha}

dijon-rue-3

dijon-rue-2

Nessa caminhada, vez que outra você cruza com uma corujinha no chão. Ela é um amuleto da sorte, usada como símbolo do turismo local e um guia das atrações. Você segue o percurso da coruja, conhecendo o melhor de Dijon, e ao fim encontra a imagem que inspirou tudo isso, na Igreja Notre Dame. A tradição diz que tocar na coruja traz sorte, então não deixe de tentar!

dijon-corujinha

{Uma das estações do caminho da coruja}

dijon-notre-dame

{A Igreja de Notre-Dame de Dijon}

A cidade é um dos principais centros culturais da França, depois de Paris, em função de seus muitos museus e coleções de arte trazidas pelos Duques da Borgonha. A residência dos duques, o Palais des Ducs, é hoje o Musée des beaux-arts de Dijon, um dos maiores da região. A visita é gratuita e, é claro, imperdível!

dijon-palais-ducs

{Palais des Ducs}

dijon-place-liberation

 {Place de la Libération, em frente ao palácio}

E as mostardas? Você encontra por tudo! A loja mais tradicional é a Boutique Maille, na Rue de la Liberté, mas outras pequenas lojinhas vendem os potes em seus diversos sabores, por um preço médio de 1 euro cada. Não deixe de levar muitas de presente, todo mundo adora receber essa lembrancinha especial!

dijon-arquitetura

Mas não deixe de comer lá mesmo a mostarda! Sente-se em um dos muitos bistrôs, mas fique atenta ao horário. Nas cidades francesas de médio e pequeno porte, os restaurantes geralmente funcionam das 12h às 14h, com algumas exceções na alta temporada (julho e agosto). Espie o menu do dia dos bistrôs e escolha o que mais lhe agrada. Mas não escolha muito, deixe-se surpreender pelos sabores locais, pelos crepes incríveis, temperados com as melhores mostardas do mundo, e acompanhados de uma boa taça de um vinho da borgonha.

dijon-bistro

dijon-crepe

Outro ótimo passeio em Dijon é a rota dos vinhedos. Mas esse é tema para outro post e leva muito mais de um dia!

Fotos: Casamenteiras

Leia mais...

Aniversário francês

A querida fotógrafa Juliana Moscofian fez uma festa linda para sua filha Maria Cecília – ficou tudo impecável e óbvio que as fotos ficaram um encanto!!! Pra mim a Jú é diferenciada, uma fotógrafa pra lá de talentosa que consegue fotografar como poucos!  Inclusive, foi ela quem fez as fotos da minha barriga na gravidez da Alice – quer ver? Clica aqui.

Ela nos mandou as fotos do aniver da sua pequena junto com o textinho abaixo:

“Bom a comemoração da Maria Cecília foi uma alegria só. Tivemos a sorte de sermos presenteados pelo sol e tudo foi perfeito com uma pequena festa na nossa casa. Como um mês antes estava em Paris não pude deixar passar a oportunidade em trazer umas guloseimas de lá… Então passamos na La Cure Gourmande onde trouxe os pirulitos em lata e as balas nos baldinhos, foi um sucesso! Da Ladurée trouxe as caixas de chá e as caixas de Amêndoas. Em uma loja de souvenirs da Sacré Cour trouxe as torres de porcelana e os tabletes de Nougat Tendre de amêndoas. Os waffers de framboesa com diversas frases são do Mercado Público do HautMarée, uma loucura! E os pirulitos grandes trouxe da Euro Disney.

O restante mandei fazer aqui só enviando referências. Os merengues que ficaram graciosos é da empresa família Koetz e os danuts da Casa do Pão da amiga Alice. O bolo e mini bolos são da La Poêle um espetáculo de trabalho. Montamos tudo, cada detalhe, simples, porém gracioso. Vou sempre organizar as festas da Maria, pois amo esses momentos. A Maria Cecília foi muito feliz no seu dia, uma amada, recebendo seus convidados com toda educação e alegria.”

aniver-paris-mesa

aniversario-paris-01

aniversario-paris-02

Fotos: Juliana Moscofian

 

Leia mais...
FacebookTwitterInstagramPinterestRSSFacebookTwitterInstagramPinterestRSS