Internet


Exposição na internet

Oi Casamenteiras, bom dia!

Como mãe é usuária assídua de redes sociais, desde a gravidez eu sigo outras mães e perfis que tem conteúdo materno e existem todos os tipos de perfis, profissionais, médicas, mães perfeitas, mães que fazem questão de mostrar o lado B e a realidade das coisas (minhas preferidas!), algumas muito engraçadas, enfim, acho que toda mãe que tem um smartphone segue outras mães e se espelha, sente alívio em ver que é tudo igual mesmo, chora, dá risada, enfim, participa um pouco dessa comunidade materna virtual.

Quando as crianças nasceram, eu fiquei meio desesperada com a exposição de fotos deles nas redes sociais, eu lembro que era uma preocupação verdadeira para mim, uma vontade muito grande de proteger eles me impedia de publicar milhões de fotos deles por aí, os amigos pediam, às vezes eu colocava uma ou outra, mas sempre com o coração na mão.  Preferia mil vezes mandar pelo WhatsApp e para a família eu fazia um e-mail mensal com as melhores fotos, tudo por que eu tinha muita aflição de colocar fotos deles na rede, uma vez que você fez o upload, você perde o controle por aquelas imagens. E por mais filtros que você coloque para apenas os seus amigos verem os seus posts, eu não confio.

Desde que comecei a escrever aqui no Casamenteiras, comecei também um perfil no Instagram para divulgar o meu trabalho como colunista, o perfil é @mamaeconteudo. Eu até coloco fotos deles de vez em quando, mas é raro, e fico de olho em todos os meus seguidores, entro no perfil de um por um, e quando sinto que algum está estranho eu bloqueio sem dó.

Crianças na escola

Quando existe alguém mal intencionado querendo descobrir sua rotina por exemplo, as redes sociais são a forma mais fácil. Eu mesma já descobri cada coisa difícil na internet! Não precisa ser nenhum hacker, basta querer, portanto mamães, muito cuidado com imagens que dêem pistas de onde você mora e locais que você frequenta, uniforme de escola, trabalho, enfim as imagens dizem tudo! O hábito de fazer check-in nos lugares que você frequenta pode também dar dicas da sua rotina, eu sei que parece neurose, mas não é. Tenho um amigo cursando direito, e ele teve um semestre todinho falando disso, do tanto que aumentaram os crimes em razão das informações entregues de bandeja nas redes sociais.

Há uns dias atrás começou a pipocar no meu feed do Facebook uma brincadeira super bacana para enviar e receber livros infantis, seria muito bacana e eu participaria com certeza se eu não tivesse que escrever o nome completo e endereço dos meus filhos em uma lista que sabe Deus, onde vai parar! A princípio você envia para um amigo, mas e depois? Quando eu percebi que envolvia informações tão importantes eu saí da brincadeira na hora.

Outra coisa que me deixa desesperada, é ver mães expondo seus pequenos nas redes sociais, com fotos do primeiro cocô sozinho no penico por exemplo, ou como eu vi outro dia no grupo de mães uma delas contando uma história super constrangedora que envolvia o filhote dela, uma história pesada mesmo, o intuito dela era pedir ajuda e conselhos, mas eu escrevi na hora que vi, para ela apagar o post imediatamente. Como eu disse anteriormente, uma vez na rede, para sempre na rede, e você não quis e nunca vai querer constranger seu filho de propósito, mas já pensou se tiver uma daquelas crianças “malvadas” que curtem pegar no pé dos outros e fazer bullying, que encanar com o seu filho? Essa criança vai encontrar fotos e histórias constrangedoras aos montes nas redes sociais e o pior, foi você que colocou elas lá.

Bullying

Enfim, eu sempre penso um milhão de vezes antes de colocar fotos das crianças nos posts aqui no Casamenteiras, no Instagram e no meu perfil pessoal, penso também sempre que vou contar alguma história ou causo, afinal de contas meu assunto aqui com vocês é sempre baseado no meu dia a dia com eles, mas tomar cuidado nunca é demais!

Vou deixar abaixo uma listinha de imagens e situações que eu sugiro que você evite expor na internet.

– Fotos que mostrem detalhes do seu dia a dia; (uniforme de trabalho, escola, placas, monumentos, qualquer coisa que dê referência de onde você está)

– Fotos da criança nua;

– Fotos e histórias constrangedoras; (primeira vez que usa o penico, etc…)

– Evitar o hábito de fazer check-in nos locais que frequenta;

– Fotos em alta qualidade; (evita que a foto seja utilizada para outros fins sem a sua autorização)

Beijos e boa semana!

Kaká

Leia mais...
Casare - Seu Site de Casamento mais Elegante!

DIY: baixe e monte seus móveis!

Nos dias de hoje, baixar filmes e aplicativos da web já faz parte da nossa rotina. Mas o que você acha da ideia de baixar móveis da internet? Parece loucura, né?

Mas essa ideia existe e foi criada por Duplodo CollectiveLesha Glakin, que não só disponibilizaram os arquivos de mesas, bancos e cadeiras, como ainda ensinam a montar em vídeos tutoriais. Queridos eles, não é? Olha só quanta coisa legal eles fizeram para o APTEK Bar, lá em St. Petersburg, na Rússia!

aptekbar1

aptekbar2

aptekbar3

aptekbar4

aptekbar5

aptekbar6

aptekbar7

Inacreditável isso que eles fizeram! A gente adorou e você?

Fonte:
Casas Bacanas

Leia mais...
Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS Facebook Twitter Instagram Pinterest RSS