petiscos


Brinquedos inteligentes

Seu cãozinho é agitado? Late para todo o barulho que escuta? Quando fica sozinho faz a maior bagunça em casa, estragando móveis e outras coisas? Não brigue com ele, ele é só ansioso!

Provavelmente ele fica muito tempo sozinho, e isso o deixa com medo de ser abandonado. É muito comum, principalmente com filhotes.

Pois saiba que ao mercado canino desenvolveu produtos ótimos para ajudar a controlar a ansiedade dos nossos amigos. São os brinquedos inteligentes, que distraem o seu pet e ainda podem ensinar alguns truques a eles. A maior parte destes brinquedos possui petiscos dentro, o que chama a atenção do cão. Mas até eles chegarem no biscoito, precisam brincar muito, essa é a graça do produto!

brinquedos_caes Brinquedos inteligentes

1. Brinquedo Dog Tornado Interativo para Cães e Gatos

São quatro camadas de discos giratórios, sendo que três têm compartimentos para esconder os petiscos. Seu pet deve girar o disco de cada camada para encontrar os petiscos. Para aumentar o nível de dificuldade, bloquear as camadas com o bloco de osso.

2. Kibble Nibble brinquedo interativo para cães

Possui dois Treat Meters em suas extremidades que são mecanismos patenteados que liberam a comida aleatoriamente de uma forma desafiadora para o cão.

3. Brinquedo Dog Smart Interativo para Cães ou Gatos

Esconda alguns petiscos nos compartimentos, debaixo de todos ou de alguns dos blocos em forma de osso.

4. Squirrel Dude

A extremidade possui interior com pinos de borracha macios para controlar a saída de recompensas durante a brincadeira.

Um dos mais famosos é o Kong, usado por treinadores profissionais e policiais para recompensar os cães que trabalham e colaboram em atividades como a busca por drogas, captura de bandidos, e etc. O Kong ajuda seu cão a fortalecer a mandíbula e mantém as gengivas saudáveis sem ser agressivo com os dentes. O formato irregular faz o Kong pular de um canto ao outro, de um jeito imprevisível, e deixa seu pet enlouquecido atrás dele. Horas e horas de distração até encontrar o petisco escondido lá dentro! No começo, ajude seu amigo deixando a guloseima mais à mostra, até ele entender como funciona. Depois vá escondendo mais e mais.

brinquedos_kong Brinquedos inteligentes
E você, que brinquedos usa para distrair seu cãozinho ansioso?

Fotos: Pet Love, BitCão e Pinterest

Leia mais...

Alimentação correta para os pets

Apesar de serem praticamente da família, precisamos ter a consciência de que os cães devem ser alimentados como tal. E acredite: isso é para o bem de todos. É melhor para o seu cãozinho e para a sua família também que ele se alimente de maneira correta.

Então fique ligada nos cinco principais erros dos donos na hora de dar comida ao pet. E nada de coração mole na hora de encarar o olhar de pedinte que só um cão sabe fazer para pedir um petisco.

1-e1362494225509 Alimentação correta para os pets

Erro número 1: Dar um pouco da sua comida ao cachorro durante a refeição

Este é o momento mais difícil de resistir aos olhos pidões. Imagine que para o cachorro, nossa comida é muito mais atraente que para nós (que já é bastante chamativa), já que eles têm 300 milhões de receptores olfativos, enquanto os humanos têm somente 6 milhões. Claro que eles vão querer um pedacinho, não é mesmo?!

Mas as comidas que não são próprias para os cães podem ser muito saudáveis para a gente e fatais para eles. Como o tomate, por exemplo, que pode ajudar no desenvolvimento de úlceras dolorosas para os nossos amigos. E claro, além de tudo isso, tem o fator comportamental. Como querer educar um animalzinho, cedendo a todas as suas vontades?

Erro número 2: Escolha errada da ração

Se o seu cachorro come somente ração, ótimo. Mas é preciso escolher o alimento ideal. Existe no mercado inúmeras marcas que oferecem nos rótulos verdadeiras promessas de felicidade para o cão e para o dono. Mas é preciso sempre contatar um bom veterinário para saber qual a escolha certa.

Por exemplo, a coloração que deixa a ração mais atraente e mais cheirosa é rica em sódio, o que não é saudável. Portanto, prefira as de grãos mais marrons, sem corantes. Além disso, é sempre mais saudável a ração seca. Além de serem mais prática e de maior durabilidade, o atrito com os dentes ajuda na eliminação de tártaros.

Erro número 3: Dar ossos sem supervisão

Primeiro: ossos não são bem vindos na alimentação canina. Segundo: muito menos sem a supervisão do dono. A maioria das pessoas já sabe que os ossos de galinha são verdadeiras armas pois se transformam em lascas que para o estômago do cão são navalhas. Ou podem trancar na garganta e cortar seriamente. Mas os outros tipos de ossos são encarados naturalmente. É aí que a gente se engana.

Claro que, assim como a ração seca, eles são aliados na higiene bucal no que diz respeito aos tártaros. Mas os pequenos fragmentos podem cortar a boca, a língua e a gengiva e machucar o animal. E claro, é melhor dar um osso específico para cães, destes vendidos em pet shop.

Erro número 4: Petiscos

O erro com o petisco funciona mais ou menos como a ração. Apesar de serem específicos para cães, muitos contêm substâncias nada saudáveis. E além disso se dados em exagero podem causar obesidade, que leva a uma série de outros problemas.

E claro, ceder aos caprichos de um cão mal acostumado não é nada bom.

Erro número 5: Pote de ração sempre cheio

O ideal é que seu cão tenha uma rotina alimentar. Duas ou três vezes ao dia, dependendo da recomendação do veterinário. Deixar o pote sempre cheio resulta em uma alimentação desregrada e incentiva o animal a comer mais do que o necessário. Afinal, a comida está ali para comer, não é mesmo?!

 Mudar a alimentação é simples. Basta ter responsabilidade como se fosse com um filho. Eles exigem cuidados especiais. E claro, essa mudança resulta em maior qualidade de vida e felicidade com o pet em casa.

Foto: Pinterest

Leia mais...

Biscoitos caseiros para seu cãozinho

Meninas, que tal aproveitar o feriado que está por vir e mimar um pouco seu cãozinho fazendo esses biscoitos caseiros para eles!

Cães adoram um petisco, né, então às vezes é legal a gente fazer um agradinho para eles, afinal se dedicam em tempo integral para alegrar nossos dias!

Essa receita é super fácil de fazer e dá pra incrementar com legumes ou outros ingredientes naturais e saudáveis!

Claro que petiscos não substituem a dieta com ração que é bem completa de nutrientes, mas eventualmente um mimo assim não tem problema nenhum!

Então, na próxima vez que quisermos mimar nossos cãezinhos, já temos a dica:

biscoitoscaseirospet1 Biscoitos caseiros para seu cãozinho

Biscoito Caseiro para Cães

Ingredientes:

1 xícara de farinha de trigo
1/4 xícara de gérmen de trigo 
1/4 xícara de levedo de cerveja (fermento)
1 colher de chá de sal 
1 1/2 colheres de sopa de óleo de canola 
1/2 xícara de caldo de galinha

Preparo:

1. Pré-aqueça o forno a 400º C. Em uma tigela média, misture a farinha de trigo, gérmen de trigo, o fermento e o sal. Reserve.

2. Coloque o óleo em uma tigela grande. Vá adicionando aos poucos a mistura reservada e o caldo de galinha, intercalando um e outro.  Misture bem.

3. Em uma superfície levemente enfarinhada, enrole a massa deixando uma espessura de 1 cm (menos, se seu cãozinho for pequeno). Use um cortador de biscoitos em forma de ossinhos ou o que tiver em casa. Só observe para que os biscoitos sejam de um tamanho adequado para o que seu cão está acostumado a comer.

5. Espalhe os biscoitos em uma assadeira forrada com papel manteiga. Pincele com caldo de galinha.

6. Asse os biscoitos por 10 minutos. Vire os biscoitos, pincele com o caldo novamente, e volte ao forno por mais 10 minutos. Desligue o forno, deixando a porta fechada. Deixe os biscoitos no forno por mais 1 hora e meia, até ficarem bem sequinhos. 

7. Armazene-os em um recipiente bem vedado, pode ser um pote hermético ou aqueles saquinhos com fecho, e guarde em temperatura ambiente.

Assim, sempre teremos biscoitos fresquinhos para oferecer aos nossos pets! Pelo que andei lendo em sites que falam sobre cães, a receitinha faz sucesso entre eles!

biscoitopet-1 Biscoitos caseiros para seu cãozinho

Para quem quiser dar uma colorida e mudar os sabores, experimentem acrescentar purê de legumes ou verduras e podem ir dosando o ponto da massa com a farinha de trigo se ficar muito amolecida ou o caldo de galinha/água se ficar seca demais!

E se quiserem personalizar, podem escrever o nome do seu pet com um palito antes de levar os biscoitos ao forno. É uma boa ideia para presentear amigos que tenham cachorros… Ou melhor, cachorros de amigos, imaginem a festa?!

Receita: Adaptada de Martha Stewart

Fotos: Pinterest e Getty Images

Leia mais...

{Receita} Geleia de pimenta com brie

Hoje trazemos pra vocês não exatamente uma receita, mas uma ideia de petisco super gostoso que pode ser servido como aperitivo para receber os amigos em casa.  São torradinhas com geleia de pimenta e brie. A Karen me deu a dica quando a Dedo de Moça nos mandou de presente um pote super gostoso de geleia de maracujá com pimenta, feita pelos aprendizes do Projeto Gastromotiva, que incentiva a inclusão social através da gastronomia.  Legal, né?   Acessem o link aqui para conhecer um pouco mais deste projeto tão bacana.

Mas voltando à nossa receitinha, eu adoro esta combinação de geleia com brie, mas ainda não tinha experimentado com a geleia de pimenta! Ameii, pois adoro  comidas picantes e aqui em casa somos viciados em pimenta! Então, o que você vai precisar é de um pote de geleia de pimenta, uma embalagem de queijo brie e torradinhas, crackers, pão sueco ou pão italiano para acompanhar.

geleia-brie {Receita} Geleia de pimenta com brie

Você deve aquecer um pouco o brie no microondas por no máximo por 2 minutinhos. É preciso ficar ao lado do micro cuidando para que o queijo não derreta demais, viu? Caso isso ocorra, é só deixar esfriar um pouco que ele endurece novamente. Aí é só colocar a geleia por cima e servir com as torradinhas. Fica divino!! Se você tiver um rechaud para queijo, fica melhor ainda, pois você já serve nele (o que dá um charme a mais imediato!!) e consegue controlar o derretimento do brie.

Outras variações é mudar o sabor da geleia (figo, damasco, blueberry e framboesa são ótimas opções) ou trocar o brie por camembert.

E aí, gostaram da dica? Que acham de preparar esta gostosura no fim de semana? Depois contem pra gente se aprovaram.

Foto: Tastespotting

Leia mais...
FacebookTwitterInstagramPinterestRSSFacebookTwitterInstagramPinterestRSS