Engana-se quem pensa que animais de estimação e plantas não podem conviver bem. Claro que dá um certo trabalho, mas é possível cuidar dos dois. Temos várias dicas bacanas para evitar que seu bichinho coma as plantas ou que elas façam mal a eles. Basta manter alguns cuidados básicos.

Por exemplo: a grama que você escolher para aplicar no seu jardim faz toda a diferença. O ideal é optar por uma que seja mais resistente ao xixi do seu animalzinho, principalmente se for um gato, pois a urina deles é mais forte que a dos cachorros. As mais indicadas são a grama-esmeralda, grama-amendoim ou grama-preta. E não esqueça: a grama deve ter bastante espaço sem muitos obstáculos, para que ele possa circular livremente.

Se o seu gato ou cachorro gosta de comer as plantas, escolha as que têm odor mais forte. Isso ajuda bastante a mantê-los afastados das verdinhas. Gerânio, alecrim e citronela funcionam bem. Outra dica bacana é manter as plantas em vasos maiores que o tamanho do seu pet (se ele for um cachorro, pois os gatos alcançam qualquer alvo).

E claro, é preciso muito cuidado com o tipo de plantas e adubos que vai escolher para o jardim. Algumas podem ser tóxicas e a gente nem saber. Alerta: comigo-ninguém-pode, coroa-de-cristo, cara-casana e bico-de-papagaio, nem pensar!

Além disso, é preciso manter o animal saudável e praticando atividades, gastando energia. Assim ele vai conviver melhor com o jardim.

Que tal começar a adaptação do quintal?

 

Fonte: Pets Online

Fotos: Pinterest