temperos


Horta em Casa

Já pensou em ter todos os seus temperos preferidos à disposição sempre e ainda por cima um bom elemento decorativo? Que tal separar um cantinho do jardim, ou até da cozinha e criar uma horta em casa? A ideia é desmistificar as hortas tradicionais, plantadas em grande espaço e utilizar até mesmo vasinhos pequenos, que ficam super fofos. Olha só!

Fica um amor na decoração da casa e superprático, não é meninas?

Fotos: Pinterest (Reprodução)

Leia mais...

Lembrancinha eco friendly

Amo quando a lembrancinha é uma coisa original, querida. No meu casamento entreguei potinhos de mel com a frase “Uma vida doce para todos, sempre” – então quando vi este DIY fiquei encantada. Amei a ideia de entregar para os convidados xícaras vintage com temperinhos plantados (ótima dica também para dia das mães). Imagina um casamento no campo com uma lembrancinha assim?? Tudo a ver, não é mesmo? Uma sugestão é garimpar as xícaras em antiquários ou na casa da vovó!!!

 

via Intimate Weddings

Leia mais...

{DIY} Ervas e temperos na janela

Meninas, o DIY de hoje é mais uma opção para nos inspirarmos do que um passo a passo de fato. Eu sempre quis ter uma hortinha em casa, e como nunca tive espaço, fui adiando!

Agora, pesquisando sobre o cultivo de algumas ervas como hortelã, manjericão e salsinha, encontrei essas imagens fofas e claro que gostei da ideia e vim correndo compartilhar com vocês!

Não é todo mundo que tem uma “mão boa” para jardinagem mas para esse mini jardim não é preciso tanto talento, não, apenas um pouquinho de paciência e vontade de ter temperos à mão, para as comidinhas que preparamos no dia a dia ficarem mais saborosas, que tal?

Se vocês tem algum espaço na cozinha, uma janela bem iluminada e ventilada, então esse projetinho cabe na vida de vocês!!!

Me acompanham?

O que nós vamos precisar:

♥ Vasos com furos no fundo – podem ser do material e da forma que preferirem, eu prefiro os de cerâmica – e com pratinho, para drenar a água

♥ Pedrinhas ou cascalho em quantidade suficiente para cobrir o fundo dos vasos

♥ Sementes das ervas preferidas

♥ Substrato orgânico (mistura pronta)

♥ Plaquinhas de identificação de plantas ou palitos de picolé

Para começar, se os vasos que vocês compraram não vierem com furos, é preciso fazê-los – a maioria já vem, vejam isso na hora da compra pra evitar o trabalhinho chato em casa.

Procurem um lugar com espaço e claridade, deixem todo o material à mão, forrem a mesa ou balcão com jornais velhos (sim, rola uma bagunça básica).

Preparem as plaquinhas de identificação antes, escrevendo o nome de cada erva em cada uma delas. Se optarem pelos palitos de picolé, vocês podem tanto escrever direto neles com uma canetinha ou então fazer tags de papel cartão e colar. É bom que as plaquinhas estejam escritas quando forem plantar as ervas, pois não correm o risco de confundirem onde plantaram o que… Melhor prevenir, né!!!

Com as plaquinhas à mão e com os vasos devidamente furados, preencham o fundo deles com pedrinhas – isso auxilia a drenagem, não deixando que a terra fique encharcada e acabe prejudicando o crescimento das nossas ervas.

Sobre as pedrinhas, coloquem o substrato até uns dois ou três dedos antes do final do vaso, não é preciso socar a terra, abram pequenos espaços e depositem ali as sementes, plante bem ao centro se for uma erva apenas. Se quiser plantar mais de uma (até três) no mesmo vaso, deixe um espaço de até 5cm entre elas e entre a borda do vaso. A cada erva que plantarem não esqueçam de já colocarem a identificação delas!

Façam a rega com um borrifador ou regador, de forma que a terra fique úmida mas não encharcada. Não esqueçam de colocar um pouquinho de areia no pratinho ou então esvaziá-lo, ninguém quer os mosquitinhos da Dengue fazendo festa!

É legal ler o rótulo de cada semente pois elas tem algumas diferenças no cultivo, mas no geral é isso que precisamos para ter nossos temperinhos, ervas e chás sempre à disposição em casa!

Agora é só dar uma ajeitada na bagunça, escolher uma prateleira ou bandeja bem bonitinha, colocar nossos vasinhos nela e esperar que logo apareçam lindos raminhos de temperos!

Ou então, pendurar como nessa foto… Achei demais a ideia, mas não tenho uma janela assim, tão perfeita para um varal de temperos, não!!!

Ideia fofa, né! Fica pelo menos o colorido de inspiração!

Bem, meninas, pra terminar: parece difícil, mas não é. Eu já fiz esse processo com violetas e pimentinhas (essas últimas não me querem, duas já me abandonaram).

Não tenho muita luz solar na cozinha do meu apartamento, então isso dificulta um pouco, mas a violeta se desenvolveu super bem, já floriu umas quatro vezes em dois anos! Então, estou esperançosa que com alguns temperos seja assim também!

Vou experimentar esse DIY na semana que vem, torçam por mim…

E experimentem vocês também criar essa mini hortinha!!!

Ah, se quiserem ideias de temperos e ervas que podemos plantar: Salsinha, Manjericão, Orégano, Hortelã, Sálvia, Cebolinha, Manjerona (para quem ama um bom feijão, como eu), coentro e tomilho, entre muitas outras, claro!

Fotos: Pinterest e Robin Beck

Leia mais...
FacebookTwitterInstagramPinterestRSSFacebookTwitterInstagramPinterestRSS